Em Causa Própria, Fica Algo Impróprio

Raramente alguém me ouviu ou leu a afirmar o meu imorredoiro amor e a minha imensa dedicação aos meus alunos. Acho que esta forma de bater no peito tanta devoção fica um bocadito mal, até porque já o observei apenas como afirmação para consumo público e escassa aplicação prática no quotidiano.

A nossa dedicação pelos alunos (e correspondentes afectos não hiperbolizados) é notada em primeira, última, essencial e indispensável instância pelos próprios. E devem ser eles a afirmá-lo, não necessariamente em redes sociais, quando o acha(re)m necessário.

Vanitas

 

 

2 thoughts on “Em Causa Própria, Fica Algo Impróprio

  1. E esse amor e essa dedicação não passam nem pela inflação de classificações nem pela proliferação de declarações autocomplacentes…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.