A Deriva Descentralizadora Centralista

Ou a tendência que reforça a autonomia de fazerem todos o mesmo. Já ando cansado da malta que se queixa de não encarneirarmos todos de forma acrítica com o que a tutela buzina para as escolas. São “apenas” 20% das escolas a testar o PAF do secretário Costa? Para mim são, realmente, “mais de 20%” o que é bem acima do que seria de esperar de uma experiência-piloto. O programa que retoma, quase letra por letra, o que foi feito há cerca de 20 anos e há quem chame “inovação”?

Adoro que chamem conservador a quem pede autonomia e flexibilidade para fazer as coisas como achar melhor e não como é verdascado para fazer. E que chamem imobilista a quem se opõe a modelos únicos de flexibilidade, com grelhas e tudo para a malta não se desviar do carreiro.

Que tudo será um sucesso?

Claro que sim! Já alguém viu um governante ou cortesão a dizer que as medidas que implementou falharam? O que vemos é fazerem fila para colher os louros cada vez que um qualquer teste comparativo internacional apresenta bons resultados. Tudo o que que foi bem feito, foram eles a determinar e os seus fiéis a implementar, tudo o que falhou foram os estúpidos dos outros que deles discordavam ou nem entenderam o que se queria. Por eles, estávamos acima da Finlândia, Singapura e Coreia do Sul em todos os topes educacionais.

homer-doh-animated-gif-i13

Anúncios

6 thoughts on “A Deriva Descentralizadora Centralista

  1. Das 171 públicas, uma vai ser “piloto” à força, pelo que, tendo já todo o próximo ano letivo preparado, houve que rever tudo a toque de caixa…
    Haverá mais?

  2. Muitas das escolas são “pafistas” por imposição dos comissários políticos (diretores) . É a forma destes “pagarem” a quem lhes mantém o “tacho” numa gestão mais salazarenta do que no tempo do dito…
    Nota: o ” tacho” valeu, em plena crise(!!!!!), um aumento de 100% (!!!!!!!) na gratificação, quando os zecos tiveram cortes brutais. Não parece necessário fazer um desenho…

    1. Não me parece. Haverá de tudo., pelo menos pela leitura dos agrupamentos e escolas de Lisboa e Vale do Tejo que conheço melhor.

      Passemos à escolha das turmas – qual será o “paradigma”?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s