Tanto Fogo de Artifácio, Senhor Benefício!

Uns colaboraram activamente na coisa, outro foram cúmplices por omissão no desrespeito das regras legalmente em vigor. Agora querem dar a sensação de coiso e tal.

Federação da Educação quer reunião com ministro sobre “injustiças” nas colocações

Sindicatos querem questionar Ministério por causa das colocações de professores

Fenprof e FNE pedem reuniões urgentes. Estrutura da UGT diz haver uma “sucessão de injustiças” no processo.

Reparem que a reacção é depois do aumento da “visibilidade” da coisa:

Problemas na recente colocação de professores ganham dimensão e visibilidade: FENPROF reafirma necessidade de reunião urgente com Ministério da Educação

Remeter para este documento ou este nada diz sobre os problema efectivamente em causa. É poeira nos olhos. Se eu acho que existe alguma arma fumegante dos acordos de bastidores feitos e alegados pelo ME? Não os acho assim tão estúpidos…

Recordemos:

Os horários incompletos e “as demais necessidades que possam entretanto surgir serão preenchidos na primeira reserva de recrutamento, que ocorrerá ainda antes do início do ano letivo”, lê-se no comunicado. Uma situação que servirá para evitar “potenciais ultrapassagens na lista de graduação, nomeadamente através do recurso a aditamentos, conforme preocupação manifestada pelas estruturas sindicais e pelas estruturas representativas dos professores contratados”.

e…

O líder da Federação Nacional de Professores, Mário Nogueira, também se congratula pela antecipação das listas, “porque permite que os docentes organizem a sua vida com mais tempo”. Quanto ao número de contratados já colocados afirma que “vem provar que o número de vagas para a vinculação extraordinária foi subavaliado”. “Mesmo com tanta gente que entrou nos quadros, ainda são precisos 2300 professores para ocuparem horários anuais e completos, especifica. 

Também o presidente da Associação Nacional de Professores Contratados, César Israel Paulo, considera que a antecipação da publicação das listas vem dar “maior margem de manobra aos professores contratados, o que é muito positivo”. Este docente lembra, a propósito, que muitos destes professores têm de mudar para outras zonas do país em função das colocações que conseguem e que em anos anteriores só sabiam onde iam parar na véspera de se terem de apresentar na escola.

Nesta altura, ninguém tinha dado por nada? Porque logo nesse momento houve quem se apercebesse que havia truque.

Isto é um post anti-sindical? Não! É um post anti-oportunistas que andam sempre de rabo tremido ou que fazem o possível por deixarem as salas de aula à mínima oportunidade.

FogoArtificioPenisGlasgow

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.