Deveres de Sentido Único

Quantos de nós já fomos quase a trote fazer relatórios que nos são pedidos sobre determinad@s alun@s por esta ou aquela razão, pedo-psiquiatra, psicólogo, CPCJ que pediu ou porque a legislação assim o exige por questões de assiduidade ou outras?

O problema é que, pelo menos por experiência directa, raramente temos direito a um retorno com o mesmo nível de eficiência. Sobre as escolas e os professores recaem exigências múltiplas que procuram satisfazer no mais curto espaço de tempo possível, para que possa existir eficácia nas medidas. Mas de volta, quantas vezes a regra é o inverso?

Adianta estar há mais de sete meses à espera de saber no que resultou uma sinalização para a CPCJ de uma situação de risco? Ou há quase um ano para saber no que resultou uma consulta externa de psicologia, quando já é pedido ao dt um novo relatório bem circunstanciado? Mas não terão os professores que passam toda a semana com @s alun@s direito a informação relevante?

As coisas correm apenas de baixo para cima? A tal da “responsabilização” é apenas e sempre para os mesmos do costume?

sinal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.