Mentes Queimadinhas

Estas coisas não devem servir para aproveitamentos políticos demagógicos (e há quem os ande a fazer por aí, como se o ex-pafismo apagasse fogos), mas é impossível não ver que há gente que não faz ideia do que anda a fazer, que aceita cargos para os quais não tem qualquer tipo de competência (uns é cartão partidário, outros é serem pseudo-“independentes”) e que parece nada aprender com os erros. Em boa verdade, mais valia calarem-se e tentarem que tudo isto não seja uma completa vergonha…

E estar um partido no governo uns 15 dos últimos 22 anos e acusar a falta de legislação e de ordenamento florestal por tudo isto é uma anedota… até porque foi num governo desta cor que se tomaram algumas medidas absolutamente desastrosas em termos ambientais como os famosos PIN.

Secretário de Estado: Comunidades têm de ser proactivas e não ficar “à espera que apareçam os nossos bombeiros”

“O que falha é a prevenção estrutural”, diz ministra da Administração Interna

Constança Urbano de Sousa defende aumento das medidas de “autoprotecção” para que as comunidades sejam “mais resilientes”. Ministra diz que esta é hora de “acção” e não de “demissão”.

“Eu ia-me embora, ia ter as férias que não tive. Isso resolvia o problema?

smile

4 thoughts on “Mentes Queimadinhas

  1. Vergonhoso. Eu sei que o PR andou a pregar antes das eleições que não tem poder executivo, mas que diabo já devia ter pressionado para que houvesse alterações desde Pedrógrão Grande. Discurso do Costa tão fútil, inútil e redondo. Quantos mais precisam de morrer?

    Gostar

  2. Que alterações?

    Então expulsam toda a gente do interior, os que lá ficam são maioritariamente os mais velhos, a floresta foi completamente abandonada e não dá qualquer retorno a quem a possui, nomeadamente por questões de herança.

    Eu gastei um balúrdio para pagar a quem fizesse a limpeza de parte dos terrenos que pertencem aos meus pais, com 90 anos. Mas acham que, na hora H, isso tem um efeito significativo? Pategos!

    Estamos a pagar (e vamos pagar ainda mais) o preço das políticas desde o Cavaco. A GNR faz o que pode, os bombeiros arriscam a pele de forma inglória, os tipos de coordenam são, maioritariamente, ocupantes de tachos que não percebem puto da matéria. Entretanto, os génios da Troika foram eliminando quem ainda permanecia nas florestas, como os guardas-florestais, já para não falar nos extintos guarda-rios. Devem ter poupado com isso uns cêntimos, certamente fundamentais para continuar a alimentar a indústria do fofo. Porque há uma indústria, desde alguns madeireiros até às empresas de aluguer de meios aéreos.

    Tudo isto é uma vergonha pegada. Toda a gente que aparece a falar, com raríssimas exceções, sabe ZERO do assunto.

    Uma pessoa da família viu a aldeia onde morava um familiar e dirigiu-se pessoalmente ao quartel dos bombeiros a solicitar meios, pois os telefones não funcionam desde sábado de madrugada. A resposta que obteve foi esta: não tenho um homem disponível, não tenho um carro que seja, está tudo distribuído pelos vários incêndios, Têm de ser as pessoas a juntar-se e a lutar contra o fogo.
    Foi o que fizeram.

    Tudo isto é uma vergonha nacional: 100 pessoas mortas em 4 meses! Quatro meses depois, está tudo igual, perdão, está pior, pois o governo desmobilizou meios aéreos e pessoal de terra. Parabéns! Mais uma vez, para se poupar uns trocos, sacrifica-se o que de mais precioso há.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.