Mas a História ou as Ciências São Para Semestralizar

Algumas prioridades curriculares para o século XXI do SE Costa parecem-se demasiado com iniciativas similares dos tempos do Crato de Direita, embora com raízes nos tempos de Sócrates/MLR e na introdução, por exemplo, do “empreendedorismo” no currículo.

Secretário de Estado da Educação: Formação financeira lecionada em todas as escolas em 2018

Mas há micro-lobbys com um poder assinalável na definição das prioridades da geringonça educativa, mesmo se são praticamente desconhecidos nas escolas. E é sempre interessante o aparecimento destas micro-áreas curriculares por iniciativa de governantes que tanto falam contra a fragmentação e atomização curricular e o peso da multiplicidade de disciplinas no currículo dos alunos.

Lapis

 

Anúncios

O Que Se Pode Dizer Quanto a Isto?

Que os ladrões portugueses:

  • São gente séria.
  • Não querem, contribuir para o défice orçamental.
  • Não gostam de material de 3ª categoria.

O chefe do Estado-Maior do Exército revelou hoje que apareceu uma caixa de petardos a mais na relação do material furtado nos paióis de Tancos recuperado pela Polícia Judiciária Militar.

Smile2

Adorei, Adorei, Adorei!|

O preâmbulo do David Rodrigues ao seu último artigo. É sempre estimulante quando alguém começa por dizer… se não pensam como nós é porque a vossa “voz” não é respeitada e é inconsequente. Porque arruma logo com qualquer hipótese de uma pessoa se sentir capacitada – respeitada e consequente – para contraditar.

Um dos resultados positivos de tanto se falar na premência de inovar a Educação é que hoje ninguém — refiro-me a pessoas e entidades que têm uma voz respeitada e consequente — nega a importância — e mesmo a urgência — desta inovação. Temos assim um largo consenso sobre a necessidade e prioridade de mudar a Educação que temos.

pensamento-de-pobre.1239556715.thumbnail

(falta-me é o referencial, logo a abrir, para o “desta”… qual “desta”?)