Há Dias Em que Até Um Miserável Precisa de Debater Com Gente de Bem

 

O giro é que em 2010 (ali pelos 9′ 45”) a criatura ainda usava exactamente as mesmas estatísticas que usa agora (Portugal com o 8º ou 9º investimento em Educação na OCDE, as palavras são quase as mesmas, a evolução nula). A diferença? O miserável que lá estava sabia os números e não estava narcoléptico como aquela gente que agora está no programa da luz apagada na RTP3.

É giro ver aos 19’00” o Miguel Morgado a defender a reforma descentralizadora da Suécia que já estava em reavaliação pelos maus resultados alcançados. E pensar que certa malta, que raramente conseguia alinhar um número ou facto actualizado ou que não fosse repetição automática, um ano depois, andava já toda de fatinho de razoável corte a passar por gurus da comunicação política.

Há alturas em que me interrogo acerca da santa pachorra que eu tive durante anos afio para aturar estes miserabilismos.

One thought on “Há Dias Em que Até Um Miserável Precisa de Debater Com Gente de Bem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.