Ora Bem, 9.900 Milhões de Euros Dá Quantas Vezes 600 ou mesmo 650 Milhões?

Centeno já mobilizou 9,9 mil milhões de euros para estabilizar a banca

O Governo elegeu a estabilização do sector financeiro como uma das prioridades. Entre empréstimos, garantias e recapitalizações Mário Centeno já mobilizou quase 5% do PIB.

Acrescento o comentário do Mário Silva sobre este tipo de prioridades, sendo que eu estava convencidíssimo que o sistema financeiro estava estável depois da chuva de milhares de milhões que já lhes deveria ter resolvido a seca.

Tantos comentadores a vociferar contra os salários dos professores, policias, militares, médicos, trabalhadores nas empresas, que têm de ser mais baixos porque o Estado ou empresas não podem pagar, e depois não têm a mesma indignação perante a organização criminosa bancária? Qual o interesse pessoal dessa gente que tanto tolera este terrorismo económico?
E onde está a indignação do BE e PCP, que sempre atacaram esta tolerância por parte do(s) governo(s) anterior(es)? E vão votar contra ou “engolir um sapo” em prol de outros interesses partidários?
Agora já se compreende porque se invoca falta de dinheiro(!) para o funcionamento dos serviços públicos e salários*X( angry
E também se compreende a porcaria de governação que sempre existiu e existirá, perante o panorama partidário que existe…*:-& sick
Calvin

8 thoughts on “Ora Bem, 9.900 Milhões de Euros Dá Quantas Vezes 600 ou mesmo 650 Milhões?

  1. Ó colegas, a banca é a banca. A grande produtora de empreendedores e de empreendedorismo e de crossfundings.
    Não se diz mal da banca.
    É anti patriótico.
    Viva a banca!

  2. Após a publicação da LOE 2018 deveria dar entrada no Tribunal Constitucional um pedido de apreciação da constitucionalidade dos normativos em causa. E, porque não, as instituições de justiça europeias.
    O que se está a passar com as vinculações dos contratdos não e obra do acaso. Acontecem porque o Estado pela Comissão Europeia.
    Lembro igualmente o que fez o grupo de deptudados na AR relativamente às subvenções vitalicias.
    É óbvio o que anda a ser cozinhado e qual o objetivo final. Contudo, não podemos baixar os braços e muito menos deixar-mo-nos embalar pelas “inevitabilidades convenientes”.

  3. Ora bem… como eu aprendi há muitíssimos anos na minha escola primária (e quero lá saber das diferenças europeias e americanas…) e como sempre utilizei…
    9 900 Milhões de euros são quase 10 BILIÕES de euros!
    10 BIIIIIIIIIILIÕEzitos…
    se lhes subtraíssemos os 600 milhões que se apregoam (afinal, são taaaaaantos professores… que colocam em causa a sustentabilidade do país) ainda restavam 9 BILIÕES e 300 Milhões… tadinhos…

    Os arautos da avaliação do desempenho aqui não piam??? Como são estas carreiras??? Como estão estruturadas??? Querem lá ver que o tempo aqui não conta??? Como são as Avaliações de mérito??? Que relação com os resultados??? E as condições laborais, as contrapartidas, as ajudas de custo, as diuturnidades, os prémios, as facilidades,…E, por aqui, não há necessidade de reformas estruturais??? Aqui não há necessidade de sustentabilidade??? Há pois o privado… pois o privado também é pago por todos os portugueses inclusive os que trabalham no público… há pois.. que nem toda a banca é privada… les uns et les autres…
    NÃO, é tudo tão excelente que estamos cá todos para continuar a garantir a sustentabilidade da sua sobrevivência…

Deixe uma Resposta para Anabela Magalhães Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.