Teorias Sobre o Que Funciona nas Escolas

Andei em auto-formação há uns tempos (não dá créditos, é mesmo por gosto) e a ler coisas das pessoas que apoiam muito a flexibilidade nas escolas do século XXI e coisas assim como trabalhos de projectos e muita cooperação e trabalho colaborativo. Fui à bibliografia e ultrapassando as muito comuns auto-citações, lá dei com ou outro autor que desconhecia ou conhecia pouco. Então quando as obras até já eram do século XXI fiquei logo entusiasmado e activei o cartão de crédito na Betterworld Books e lá encomendei o meu segundo Marzano (este é de 2003).

E o que encontrei sobre aqueles que são considerados, logo a abrir, os factores a nível de escola que permitem melhores aprendizagens?

Tempo. Como parece natural, é o elemento de topo comum a estas duas classificações (por cá acha-se que ao semestre é que é bom e a despachar… como se fosse possível conseguir as coisas de forma imediata, como as reformas apressadas de governantes regulados pela vaidade e calendários eleitorais).

Oportunidade para aprender (o factor preferido por Marzano) definida como a possibilidade dos alunos aprenderem aquilo que se pretende ao nível do currículo. O que está relacionado com o factor anterior pois é difícil que os alunos tenham oportunidade de aprender sem tempo para isso ou obrigados a ritmos desajustados a uma aprendizagem significativa.

Estranhamente – ou não, depende das teias ideológicas de cada um@ – lá para o fundo estão aquelas coisas da liderança e da cooperação que por cá algumas almas bem intencionadas (e outras nem tanto) gostam de nos apresentar como fundamentais. Talvez sejam, mas surgem abaixo de uma coisa “horrível” que é a pressão para alcançar (os objectivos, as aprendizagens).

Este slideshow necessita de JavaScript.

One thought on “Teorias Sobre o Que Funciona nas Escolas

  1. Se o governo tiver interesse em avaliar o que se passa atualmentee nas escolas com a gestão flexível do currículo, com as articulações e com os projetos “modernos” fica logo a saber o que os pais e os professores pensam da coisa.
    Ha pais a querer mudar os filhos de turma e de escola.

    Resta saber se o governo esta interessado em avaliar corretamente a experiencia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.