Uma Enorme Auto-Satisfação

É o que resulta da leitura e observação de alguns escritos sobre os festejpos do Dia do Perfil na Fundação Champallimaud. Pelas reportagens e fotos que andam por aí, o ME está de boa saúde e dá para apresentador de concursos. Houve muita cena bué fixe do século XXI, tipo, transmissões online.

Pareceu-me tudo, assim, coiso, like, very smart.

Escuteiros

(a Catarina Furtado estava, estão a ver, assim em azul como uma saia elegante e discretamente sugestiva… já o tipo dos D.A.M.A. estava i-n-c-r-í-v-e-l, f-a-b-u-l-o-s-o, é assim, mesmo, estão a ver, tipo, que se cativa a juventude para as apredizagens relevantes! Genius!!)

Anúncios

Assédio

E dos mais insistentes e impertinentes. As promoções e campanhas dos cartões de crédito, beneficiando do acesso bancários aos nossos dados, transformam-se em múltiplos telefonemas diários a oferecer este mundo e o outro em troca de nada, a acreditarmos no que nos dizem e desde que não consultemos as letras pequenas. Por muito que se comunique a indisponibilidade para o efeito todas as vezes, que se façam as cruzinhas nos quadrados devidos, que se bloqueiem os números sucessovos a partir dos quais funcionam os call centers, o assédio diário é insistente, hora a hora. Eu sei que do outro lado está alguém que só ganha alguma coisa se conseguir preencher a quota diária de contactos concretizados e de propostas aceites, mas há qualquer coisa a falhar fortemente num sector que anda em busca de sacar todo e qualquer tostão que pode para tapar os buracos mal parados, com comissões exorbitantes para usarem o nosso dinheiro. Aquele que já é mais do que espremido para pagar os milhares de milhões que resultaram do descalabro de uma banca nacional endeusada por tantos que continuam por aí a dar conselhos.

credit

 

Não É Apenas Por Cá

Porque há quem queira fazer passar a “mensagem” que os professores portugueses são, de algum modo, umas aberrações.

‘Epidemic of stress’ blamed for 3,750 teachers on long-term sick leave

Policy changes, budget cuts, fewer staff and bigger classes blamed for toll on teachers’ mental health revealed by figures compiled by Lib Dems.

Também por lá, isto aparece feito por um partido que esteve no governo de Cameron até Maio de 2015. É como ver o pessoal do CDS a queixar-se dos efeitos das políticas de cortes na Educação. Vamos acreditar que é porque aprenderam com o que fizeram.

burnout-1