Vi Uma Mesa Cheia de Sindicalistas Há Bocado no Facebook A Apelar à Luta e Tal

E no site da Fenprof tem assim uma espécie de mosaico de imagens a mostrar muita gente numa grande reunião unitária. E lembrei-me de 2008. E depois do entendimento. E lembrei-me de 2010. E depois do acordo das pizzas. E lembrei-me de 2013. E depois do acordo com o Crato para acabar com a greve às avaliações.

Mas não me lembrei daquelas pessoas ali na zona central partilharem o quotidiano docente há muito tempo, pois fazem da pseudo-luta uma profissão a tempo inteiro e não @s reconheço como colegas. Não há nada a fazer, tudo acabará como antes numa mão cheia de nada anunciada em forma de vitória? Estou a ser derrotista e a fazer o “jogo da Direita”? Mas não são as “esquerdas” que estão no Poder a lançar as cartas?

O pior é quando um tipo já se está a praticamente a [pi-pi-pi] para isto tudo, apenas estando interessado em, saber em que lista aparecerão alguns daqueles rostos daqui a ano e meio. Alguns dos “novos” de há uns anos já se encostaram.

Sindical

(no site do colectivo não vem a autoria desta foto panorâmica; não me voltem a lançar o aposentado vargas às canelas por causa disso)

21 thoughts on “Vi Uma Mesa Cheia de Sindicalistas Há Bocado no Facebook A Apelar à Luta e Tal

  1. Se esta malta fosse de esquerda, se o governo fosse de esquerda, pagavam aos Professores estes anos de congelamento. SE…

    Reposicionavam-nos onde devíamos, por direito, estar.

    Não era por isso que criticavam a direita, quando esta estava no poder? Então e agora? Mudaram as moscas mas a merda é a mesma?

    Gostar

      1. A Vespa das entidades europeias e dos défices e da austeridade e dos fmis e afins continuam por aí.
        Faça-se um referendo. Quer continuar no euro?

        Afinal como é que é?
        Se quer (a maioria, por certo,) aguentem.
        Se não querem, terão de aguentar tb.

        Mas entre um aguentar e o outro há um mundo de diferenças.

        A diferença entre o aguenta e está calado!
        E o aguenta e geres o teu país por outros caminhos.

        Ponham lá a cruzinha!

        Gostar

  2. …sempre gostava de saber qual a percentagem, dos aqui presentes, que vai, de imediato, para o 10• escalão….
    Aposto que seria surpreendente…ou não… !

    Gostar

      1. Assim mais ou menos como os diretores…sem verem o interior de uma sala de aulas e agora também sem eleições. Lembra-me a Coreia…do Norte.

        Gostar

    1. Aposto que vão todos. 100% portanto. Isto não incluindo o fotógrafo.
      Aliás, estavam neste momento com os respectivos registos biográficos a fazer contas à vida , aos seus reposicionamentos e/ou progressões.

      Gostar

  3. Estou farta desta gentalha. Nao acredito mais nesta palhaçada. Enquanto a musica for a mesma, nem mais um cêntimo vou perder. Falam dos políticos mas eles comportam se como eles, alias, pior . São sempre os mesmos há décadas, nao há renovacao ? Nao há eleições nos sindicatos? ahh pois, faz de conta que ha. Pois porque, voltar a escola, dar o corpo ao manifesto cansa.
    Vamos continuar a acreditar que eles nos defendem, sim, sim… Esperem sentados .
    Bom fim de semana a todos os trabalham

    Gostar

  4. É por isso que nunca fui sindicalizado, Iria.
    Só acredito que são meus representantes aqueles que, como tu, estão ali, na sala ao lado da minha, a dar aulas como eu. Esses são nossos colegas. Sindicalistas são indivíduos que, não tendo chegado a políticos de primeira linha, querem viver sem trabalhar. A “Senhora” que os pariu a todos!
    Bom fim de semana.

    Gostar

    1. Já nem o direito de me representar lhe concedo. De facto eles existem apenas para se servirem, e bem. Toda a razão, amigo Chorão, eles nao são, nunca foram nossos colegas. Bom fim de semana.

      Gostar

      1. Este ano há uma professora na escola que tb pertence a um sindicato.

        E não é a 1ª vez.

        Têm algumas horas de redução, lá isso terão.

        Mas também participam no “processo ensino aprendizagem”, ou seja, também “dão aulas”.

        Gostar

      1. Cara F:

        pode ter a certeza de que o que escrevi acima é a opinião de milhares de Professores. Não será, certamente, a dos ditos “lutadores”. Ainda bem que não concordamos.

        Demagogia? Demagogia é um indivíduo que não dá uma única aula há mais de 20 anos dizer-se “professor”. É como um marmanjo de 50 anos dizer-se adolescente só porque o foi décadas atrás…

        Gostar

      2. Eu conheço um gajo que tem uma bela redução para fazer umas rodadas pelas escolas e berrar com quem lhe faz perguntas. Claro que é uma excepção. Naquela mesa não há demagogia que chegue para colocar um pingo de vergonha na facção Mário/Lucinda.

        E mantenho.l

        Claro que há muita gente boa nos sindicatos. Gosto de muit@s colegas com essa difícil missão. Mas conheço uns quantos parasitas. Naquela mesa… ocorre-me – claro – um gajo que, no que me toca, é um troca-tintas dos grandes.

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.