Tive Dificuldade em Arranjar Título Para Este Post

Porque tive receio de ser injusto com alguém que desconheço e a quem gostaria de dar uma segunda oportunidade, já que a primeira é má. Tenho dias assim.

Vamos por partes: o director de um colégio lisboeta (preçário aqui) numa recente zona nobre a afluente da cidade, surge nas páginas virtuais do Observador a escrever sobre “os professores e a criatividade na escola”. E escreve, a dada altura, o seguinte:

Terceiro, o professor – o indivíduo que nunca saiu do sistema educativo e tem poucas experiências de outros sistemas: empresarial, associativo ou artístico. Tendo em conta o apresentado anteriormente, a cultura que persiste nas nossas escolas e estendendo (talvez abusivamente) para uma cultura semelhante nas nossas universidades, o professor é um indivíduo que não sabe o que é trabalhar noutro tipo de cultura organizacional e está pouco estimulado para a tomada de decisões e para o desenvolvimento de soluções criativas.

Escreve outras coisas, mas esta prendeu-me a atenção, porque tinha uma vaga ideia de já ter ouvido o nome de Félix Bolaños antes. Era director de um agrupamento complicado, mas em Janeiro de 2014 afirmava andar a testar novas formas de melhorar os resultados dos alunos que, apesar das experiências, continuavam fracos. Em Outubro desse ano, demitia-se, afirmando que estava “entre dois travões muito grandes: o Ministério da Educação, com a sua excessiva regulamentação e política de recursos humanos, e ainda o conjunto de maus professores que me impedem que isto avance”, ou seja, a culpa do que estava a correr mal era dos outros. Como aqueles professores que dizem que a culpa é sempre do ministério e dos alunos, algo que se lhes critica, dizendo que devem aprender a gerir as coisas.

E que não devem desistir.

Eu compreendo que FB estivesse farto das condições de uma escola pública complicada e se quisesse ir embora. E compreendo que a sua qualidade tenha sido reconhecida para dirigir um colégio em outro contexto social e económico. Virado para as artes e para a criatividade. Tudo muito bem pago, dos serviços ao vestuário obrigatório, do bibe ao casaco polar.

Mas há por aqui uma parte de “lição” que me incomoda, atendendo ao “trajecto”. Porque um bom (ou excelente) treinador não é apenas – ou sequer – aquele que treina o Real Madrid ou os Manchesters com milhões à disposição para contratar só os melhores, nas melhores condições.

Vou dar uma segunda oportunidade, a ver se isto é apenas uma combinação, para mim pouco feliz, de declarações ao longo de um “trajecto” que pode levar a pessoa da depressão à euforia.

Bunsen

5 thoughts on “Tive Dificuldade em Arranjar Título Para Este Post

  1. O diretor – o indivíduo que depois de atingir o posto se fecha no seu casulo e pensa que é o maior, a última bolacha do pacote, a resposta para todos os males da humanidade. Tendo em conta o apresentado anteriormente e a cultura persistente nesses círculos – ainda assim safam-se muitos, felizmente – o diretor é um indivíduo que não sabe o que é trabalhar na base, seja porque nunca por lá passou, seja porque fez questão de esquecer, e está pouco estimulado para o respeito pelos outros e para a tomada de decisões e desenvolvimento de soluções que promovam o bem comum (eles não fazem a ideia do que é isso porque no seu mundo só eles existem, os outros apenas servem) e não apenas a insuflação do seu ilimitado ego.

    Gostar

    1. Conheço bem este senhor enquanto diretorzeco.Vive num mundo da lua e não desce a terra. Devia dizer que ele por seu turno de experiência de professor tem um par de anos…, mandar bitaites é fácil… e por os professores como cobaias é outra. Nesta escola cada professor tinha que ter um projeto… tipo arquiteto….mandar numa escola onde todos são contratados é fácil fazer ditatorial e Beja mão…saudades nao deixa nenhumas….na escola privada ou pública o senhor é megalómano é uma nulidade…

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.