Insucesso ou Abandono?

Por muito que nos queiram fazer acreditar no contrário, as regras de assiduidade nos cursos profissionais são dificilmente exequíveis para alunos que, em tantos casos, se distinguiam exactamente pela falta de assiduidade. E o mesmo se passa nas turmas “regulares”, já agora, com diversos alunos. Há quem opte pela ficção de aceitar tudo o que é justificação, para não aumentar o “abandono”, mas depois aumenta o insucesso porque os alunos nem aos momentos de avaliação (ou recuperação) vão. Os números do abandono penalizam mais a “escola”, mas os do insucesso reflectem-se mais directamente sobre os professores e as disciplinas. Há estratégias diferentes para lidar com as situações. Recentemente, conheceram-se dados sobre o aumento do “abandono”. Eu acho que ele não aumentou na realidade, apenas passou a não estar disfarçado ou diluído no insucesso. Porque há limites para a cosmética da falta de assiduidade dos alunos e apara a tolerância na aceitação de justificações que desafiam a plausibilidade ou o próprio respeito por quem aceita tais truques. E há limites para serem sempre os professores a assumirem a culpa pelo que não é, mesmo, sua responsabilidade.

Um dos nossos grandes problemas ao lidar com certos fenómenos educativos é acreditar em algumas representações legislativas ou estatísticas do que acontece na realidade.

cabecinha_pensadora

6 thoughts on “Insucesso ou Abandono?

  1. Não consigo perceber porque razão havemos de obrigar a estudar quem não quer nem gosta de o fazer.
    Devemos dar todas as oportunidades e apoios a quem quer estudar e aprender. A quem não o quer e só anda nas escolas para vandalizar, gozar com os colegas que estudam, ofender funcionários e professores…porque havemos de insistir? Porque havemos de “aldrabar” os registos de faltas para que não sejam excluídos, quando são eles que se auto-excluem?
    Até quando continuarão as escolas a enganar-se e a fingir que é o que nunca foi?
    Até quando continuaremos com estas anedotas de mau gosto a que chamamos “profissionais”?

  2. O rei vai nú.
    Ninguém de peso tem coragem para assumir o que se passa com os cursos profissionais. É só floreados sobre os mesmos. Hipocrisia pura e dura.
    Os €€€€ dos fundos europeus continuam a fechar muitas bocas.
    Vergonha.

    Ate as regras de funcionamento destes cursos é nojenta.

  3. aprendizes

    Dois antigos secretários de Estado de Sócrates acusados de peculato
    2018/01/30

    O Ministério Público (MP) acusou dois secretários de Estado do último Governo de José Sócrates do crime de peculato por terem utilizado cartões de crédito atribuídos para fins públicos em benefício próprio. Em causa estão José Magalhães e José Conde Rodrigues, segundo fonte ligada ao processo citada pela Agência Lusa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.