Introdução à Política – Módulo 1

É suficiente a existência de eleições para se definir que um regime ou organização é “democrátic@”?

Por exemplo, as eleições no Estado Novo (ou na URSS, só para provocar algumas consciências renitentes e ainda adeptas do centralismo democrático) tornavam esse(s) regime(s) “democrático(s)”?

Indo um pouco mais além… pois, eram em regime de partido único. Mas… e mesmo que exista a possibilidade formal de candidaturas “alternativas” (caso do MUD no pós-guerra ou da CEUD e CDE no marcelismo), isso também chega para que se considere que o regime em causa é uma “democracia”? Não interessam os restantes procedimentos de condicionamento do exercício de oposição?

DEmocracy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.