A Minha Alma, Já De Si Naturalmente Parva, Ainda Ficou Mais Aparvalhada…

… ao saber que um notável, mediático e estridente crítico da municipalização da Educação andou a fazer contactos preliminares para o recrutamento de pessoal para coordenar a coisa em si, no concreto, num grande e rico concelho da margem norte do Tejo. A hipocrisia é uma cólidade que raramente se esgota. Embora não me espante nada em certas criaturas camaleónicas, sempre que certos aromas se evolam na atmosfera.

Pombal

(claro que avançar nomes seria imprudente, até podiam estar a falar no tipo da catalunha só para me baralhar…)

 

De Acordo Com Esta Denúncia da Fenprof Sobre o Ensino Especial e a “Inclusão”

Mais uma área em que parece que quem influencia a legislação, aparece depois a assegurar a formação (fornecida por convite) mesmo antes de haver formalmente lei.

ME promove formação contínua sobre quadro legal que não existe!

Que se pretende?!

Formatar profissionais para medidas que negam a própria inclusão?

(…)

Face a este quadro, a FENPROF entende que o Ministério da Educação deverá ser transparente, esclarecer os objetivos da formação que tem estado a ser promovida (para além de aproveitar o financiamento comunitário que obteve, claro), informar a comunidade educativa e a sociedade em geral sobre quais as alterações que, na sequência do debate público que promoveu, serão introduzidas no projeto que esteve em discussão e, eventualmente, recuar e retomar a discussão, até à consagração de um diploma que sirva verdadeiramente a frequência saudável no sistema educativo de todas crianças e jovens.

Money3

I Believe the Children Are Our Future, Teach Them Well and Let Them Lead the Way

dupla-tiagomc3a1rio2.jpg
Imagem a partir de foto de Sebastião Almeida (Público)
(não se nota nada a desvinculação causada pelo desenvolvimento das reuniões de avaliação, pois não?)