Lógica Asinina

A lógica da actual “política” de prevenção dos fogos florestais é a mesma de matar as pessoas para evitar que elas adoeçam, espalhem doenças e morram. O arboricídio que vai por aí é atroz, assim como formas “criativas” de podar as árvores. Sim, correcto, se as cortarem, certamente não pegarão fogo. Mas serão destruídos ecossistemas e a boa parte de uma cobertura vegetal, essencial para a não erosão dos solos e o agravamento de uma situação de seca.

A grande desmatação de 2018

brain

10 thoughts on “Lógica Asinina

  1. Pinheiro bravo e eucalipto são de cortar.
    A poda é entregue muitas vezes a quem de poda só sabe pegar na moto-serra. Daí os abusos.

  2. E este fogo ? quando se volta a normalidade do 1,5% ?
    A crise não acabou?

    “Outra das questões centrais para a UGT tem a ver com o valor dois atuais descontos feitos pelos beneficiários da ADSE: “Acho que devíamos atender às preocupações dos sindicatos, porque se efetivamente o valor da quota descontada por cada um dos beneficiários aumentou num período de crise, se está ultrapassado o momento mais grave da situação económica e financeira do país acho que devia haver um desagravamento”, sustentou. ”
    http://rr.sapo.pt/noticia/105370/joao-proenca-adse-esta-solida-mas-exige-maior-rigor

  3. E depois como se financiava o buraco do SNS? É um esforço patriótico necessário. Aos professores compete tornar o país viável.

  4. Atenção que se pode pedir, à Câmara Municipal, excepção à lei de 2006, ao abrigo do decreto de Fevereiro (dec-Lei nº10/2018 de 14 de Fevereiro (nº2, pontos II, III, IV e V do anexo ao decreto). A minha floresta nativa ficou isenta da razia. Carvalhos , freixos, cedros, salgueiros ( sobreiros são de qualquer das formas protegidos), pinheiro manso e espécies endémicas folhosas de folha caduca e/ou nativas podem ser abrangidas pelas excepções descritas. A Câmara deverá decidir, felizmente a de Vila Nova de Poiares deferiu o pedido. Só tenho de fazer desramações e retirar eucaliptos e pinheiros bravos e , claro, sobrantes (lenha) e limpar o mato do terreno.

  5. O meu comentário não foi publicado e era muito importante, pode-se pedir excepção à lei de 2006 quando se tem uma floresta de árvores nativas ou raras , também árvores que seguram ravinas e arribas podem ser poupadas à razia, com base no decreto-lei nº10 de 18 de fevereiro de 2018 nº 2, pontos II III IV e V do anexo à lei. Árvores de FRUTA (alfarrobeira , oliveira també o são) NÃO ESTÃO ABRANGIDAS PELA RAZIA. Agora este comentário é só para ver se fui bloqueada ou censurada.

  6. Pronto já vi que não fui bloqueada, foi qualquer falha da MEO, as minhas desculpas pelo mau pensamento …. Acrescento que pedi excepção e foi deferido aqui em Vila Nova de Poiares, tenho de fazer apenas desramações , limpar o terreno do pasto anual (como sempre fazemos várias vezes ao ano) e tirar sobrantes (lenha). Pelo menos um hectare de floresta que não vai na voragem, mas o artigo da professora Maria José Castro está excelente, há muito que não lia sobre o assunto um artigo tão bem fundamentado, cirúrgico, corajoso , já partilhei . Obrigada ao autor do blogue pela divulgação de tão importante informação, publicada no Observador que, infelizmente, é por muitos liminarmente rejeitado por ser considerado de direita … e ficam sem acesso a alguns dados e informação eventualmente importante…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.