Um dos Mais Evidentes Sinais de Mediocridade

Valter Hugo Mãe: “Em Portugal, em vez de querermos ser bem pagos, queremos que os outros sejam mal pagos também”

Inveja

(é o que acontece com muita gente que, na sua pequenez, nunca se tenta elevar, apenas baixar os outros, para se sentirem menos mal… nunca tendo eu percebido se funciona…)

7 opiniões sobre “Um dos Mais Evidentes Sinais de Mediocridade

  1. E mediocridade também pode passar por não reconhecer os méritos de outrém, os seus pequenos ou grandes feitos, o seu grande ou pequeno contributo para uma causa. A comunicação social noticiou largamento a recente atribuição do prémio Global Teacher Prize Portugal a um professor de Física e Química que lecciona numa escola de Chaves. Nosso colega, portanto.Mesmo não estando em condições de me pronunciar acerca do GTPP, da idoneidade do júri, da qualidade do trabalho do vencedor, sei que ao Dr. José Teixeira – porque ganhou – é devida uma palavra de apreço que aqui lhe deixo . Sucede que, da parte blogosfera docente, o mutismo é quase geral. Por que será?

    Gostar

    1. Talvez tenha razão, talvez não.
      A blogosfera docente está obrigada a tudo noticiar?

      Existem diversos prémios em Portugal para professores, desde os tempos do “Professor do Ano” instituído pela ministra MLR.

      Não é meu hábito noticiar os prémios desse tipo porque, independentemente do valor dos premiados, normalmente resultam de um enquadramento a que não sou muito sensível.
      https://guinote.wordpress.com/2018/03/22/o-confapito-doiro/

      Se quiser, posso desenvolver estas ideia.

      Mas, por exemplo, esta passagem:

      “- Não pode agir, por ação ou omissão, de forma a desacreditar a profissão docente, a Associação promotora das Mentes Empreendedoras e Inspira o teu Professor nem os seus parceiros, a Fundação Varkey, suas afiliadas ou respetivos diretores, funcionários, agentes e subsidiárias, (definidas por critério exclusivo da VF);”

      Compreendo, mas é uma limitação à minha liberdade de expressão.

      Por outro lado, já noticiei esse prémio, em conjunto com outro, pela coincidência deste ou aquele elemento do júri.
      E é aqui que tenho diversas reservas…
      https://www.globalteacherprizeportugal.pt/juris

      Foi dada voz aos alunos.

      Dito isto, os meus parabéns ao colega Jorge Teixeira e, na lógica que defendo no post, é pena que tantos outros excelentes professores continuem no anonimato porque não se candidataram a qualquer prémio e talvez merecessem reconhecimento público.

      Fiz-me entender?

      Gostar

  2. Caro Paulo Guinote: claramente não estará obrigado a tudo noticiar, embora não se coíba ( e bem) de noticiar episódios quanto a mim de menor relevância. Mas, voltando ao caso concreto, também lhe digo : se não formos nós a acarinhar e a elogiar os “nossos” – quando merecem, evidentemente – quem o fará por nós? Tenho de acreditar no mérito do galardoado, mesmo não tendo o prazer de o conhecer. Ou desconhecendo por completo os meandros.

    Gostar

    1. A “relevância” é subjectiva.
      Cada um escreve o que entende.

      Não conheço o colega premiado, nem o seu trabalho.
      Acredito que seja altamente meritório.

      O “Global Teacher Prize” diz-me pouco ou nada. Nem sei quantos concorreram.
      O que sei é que na parte “testemunhos”, encontro animadores de rádio, mas nenhum professor ou aluno.
      https://www.globalteacherprizeportugal.pt/testemunhos
      Aliás, um júri deste tipo (com pessoas comuns) atribuíram há uns tempos prémios blogues na categoria “Educação” que pouco têm a ver com os “nossos”.
      http://blogsdoano.iol.pt/vencedores/2017

      O vencedor é um site noticioso e pouco mais:
      http://uniarea.com/

      Mas, por certo, não quer que refira outros prémios…

      Sublinho… nada me mover contra o colega que ganhou que, para além do mais, parece que vai aplicar o que ganhou (ou parte) nos seus projectos.

      Mas nada me move para publicitar o “Global Teacher Prize”, pois até embirro com a designação.

      Gostar

    2. Sr. Maria, o camarada guinote tem um entendimento da gestão do seu berloque muito parecida com o de carvalho sad. Gosta, por exemplo, de bloquear/eliminar comentários que não sejam favoráveis (ou como diz o sr. zé maria, coisas que ele escreve com outros nomes).

      Gostar

      1. Até que enfim, shôr zé, que percebeu o meu truque.
        E eu que pensava que era irremediavelmente estúpido.

        Ou, se calhar, é,,, visto que os comentários da colega Maria continuam aí.

        Já os dos despeitados, +e verdade, por vezes vez o carro vassoura e leva os dejectos. 🙂

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.