Por Que Raio, Livresco, Me Enviaste Isto? É Viciante…

Com que frequência fala com Mário Nogueira [líder da Fenprof]? Há uns meses que não falam.
Não sei. Eu e a minha equipa falamos com uma frequência absolutamente anormal para aquilo que era a normalidade aqui no Ministério da Educação.

Têm reuniões a dois ou sempre na presença de mais pessoas?
As reuniões são sempre com mais do que uma pessoa. Mário Nogueira, que é professor de uma das nossas escolas públicas, é o secretário­‑geral de uma das federações de sindicatos. Existem outros e este ministério articula­‑se e dialoga com todos.

Eu falo de Mário Nogueira por ser o líder da maior confederação de sindicatos da educação do país. E o mais mediático.
Não só da educação. A educação tem a primazia do mundo sindical, porque temos a maior massa de trabalhadores da administração pública.

Mas nunca tem uma reunião a dois com o professor Mário Nogueira? E se ele o convidasse para almoçar?
Na minha vida privada, poderia fazê­‑lo. Mas no nosso trabalho, se eu almoçasse o professor Mário Nogueira tinha de ter pelo menos onze almoços diferentes. Tinha de reservar duas semanas por causa de todo o trabalho equitativo que fazemos, independentemente da dimensão de representatividade dos sindicatos ou das federações de sindicatos. Agora há uma coisa fundamental, este governo e este ministro não se deixam instrumentalizar por ninguém. E é muito importante termos sindicatos que não se deixem instrumentalizar por nenhum partido político nem por nenhum governo. Enquanto assim for, estamos todos a fazer o nosso papel.

Mas há sindicatos que estão mais ligados a determinados partidos. E vai continuar a ser assim.
Uma coisa é determinadas organizações sindicais sentirem­‑se ideologicamente próximas de determinado partido político, outra coisa é instrumentalização. Quando os sindicatos estiverem instrumentalizados por partidos políticos estamos a perder como sociedade.

Ingenuidade

12 thoughts on “Por Que Raio, Livresco, Me Enviaste Isto? É Viciante…

  1. Andou por momentos no facebook um manual da greve de 18/29. Desapareceu! Nele os professores do 1ºciclo e Educadores para conseguir cancelar a reunião precisavam de 50% mais um. Mais tarde apaguei o post, por a fonte o ter feito também. Alguém me fez chegar a msg que a greve do 1ºciclo e Educadores não era a sério. Hilariante!
    Substitui o antigo post por este!
    https://duilios.wordpress.com/2018/06/02/a-greve-as-avaliacoes-de-18-a-29-de-junho/

    Gostar

  2. Parece o Donaltim após ter tido um upgrade de Inteligência Artificial com Sistemas Periciais de “instrumentalização”. Já vi “Sofias” com cassettes mais “humanas” do que isto. E menos instrumentais. Que isso de se deixar de instrumentalizar é como os almoços. Come-se sem saber se o cozinheiro cuspiu na comida

    Gostar

  3. Da entrevista a Mário Nogueira ( na página da FENPROP)

    Alguém pode comentar, por favor?

    “JF: E começará em 18 de junho, porquê?

    MN: Porque as avaliações anteriores, a 7 e 8, estão sujeitas a serviços mínimos, o que impunha um prazo para entrega do pré-aviso que não era passível de ser respeitado. Como sempre aconteceu, a FENPROF, sendo uma organização responsável e verdadeiramente representativa dos professores não os empurraria para uma greve ilegal que teria consequências disciplinares.”

    Gostar

    1. A leitura do MN sobre a possibilidade de greve de 6 a 8 só pode resultar de alguma confusão. O pré-aviso teria de ser feito em tempo e quanto a serviços mínimos era necessário serem definidos por um tribunal arbitral.

      Ou seja… ele baseia-se num argumento que só dependia dos sindicatos (entregar o pré-aviso a tempo) e uma hipótese (o tribunal arbitral decretar serviços mínimos).

      Gostar

  4. Se eu ( je ) almoçasse com o professor Mário Nogueira tinha de ter pelo menos onze almoços diferentes ? Sim !!!
    O segundo com digestivo final, 3º igual mais bagaceira,4º com café final ,5º já com leves dores de estômago,6º após noite insónias do pior …7º só a chá e torradas, 8º cheio de movimentos gastrointestinais , 9º em duo ,restantes companheiros de restaurante começam a dar à sola ,10º muito amarelo… enfardamento total ,11º Completamene “off” e a marcar consulta médica.

    Gostar

    1. Um post, o do Facebook, que mais não é do que uma falácia ad hominem. Responder ao essencial, por que não convocaram atempadamente a greve, ZERO.
      Tomam os professores por estúpidos?
      Amanhã quem corre os riscos na “negociação” com o ministro é o MN.
      Tem uma greve totalmente inconsequente que, espero, faça acordar, definitivamente, os professores para as suas mentiras.
      Nota: faço greve do STOP, a outra nem pensar. Já dei para esse “peditório”.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.