Caros Herdeiros da “Reitora”, Que Os Factos Nunca Interrompam As Vossas Narrativas – 3

Falácia 3 – “Pois, vocês só fazem isto com os Governos do PS, pois com a Direita e o Crato foram espezinhados e nada fizeram”.

A sério… isto é escrito com alguma frequência por alguns operacionais nas redes sociais e em comentários nos sites de jornais, sendo que até há umas semanas era usado também como argumento por alguns sindicalistas quando muito pressionados por estarem a deixar o tempo passar.

Vamos aos factos…

O XIX Governo Constitucional tomou posse a 20 de Junho de 2011. A Fenprof e outros sindicatos marcaram greve às avaliações a partir de 7 de Junho de 2013, menos de dois anos depois.

O actual Governo (XXI Constitucional) tomou posse a 26 de Novembro de 2015 e a o S.TO.P convocou greve equivalente a partir de dia 4 de Junho de 2018 e a Fenprof e outros sindicatos a partir de 18 de Junho de 2018, mais de dois anos e meio depois.

Repito-me: nunca deixem que a realidade substitua a vossa criatividade e imaginação para a escrita romanesca.

bollocks-bollocks-and-more-fucking-bollocks

 

7 thoughts on “Caros Herdeiros da “Reitora”, Que Os Factos Nunca Interrompam As Vossas Narrativas – 3

    1. Traidor é ele que, em vez de defender os professores, defende os interesses do PCP. Mas, deixa estar que o costa está a gozar descaradamente com a cara do Jerónimo. Merecem-se. O Nogueira ficou muito mal na fotografia. Nem comeu de um lado, nem do outro. Agora está a atirar para todo o lado a ver se pega.

      O STOP apareceu em boa altura para desmascarar estes grupos de sindicatos que nada têm feito pela classe. Têm estado a segmentar a classe em grupos, defendendo ora uns ora outros. Uma vez os do 1º ciclo, outra os contratados, outra os da norma-travão, outra dos qzps, etc. Básico: dividir para reinar.

      Os sindicatos nada têm feito para corrigir problemas de base que afetam transversalmente toda a classe e que estão na origem do mal-estar atual: eliminar o modelo desastroso de gestão de escolas, e a criação de um novo ECD que reponha a justiça. Temos professores com a mesma idade nas escolas, que entraram na carreira na mesma data, mas em escalões diferentes só porque comemoram o aniversário em datas diferentes!!! Sim, o efeito perverso dos sucessivos remendos do ECD.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.