11 thoughts on “Faltam Apenas 3000… Apesar de…

  1. Por esta pouca adesão se vê a “m….” de classe que são os profs. Numa matéria do seu interesse pessoal, financeiro e laboral estão a leste. Estão-se, pelos vistos, nas tintas para o que der e vier; consciência de classe: tá quieto que está de chuva (exceptuam-se os heroicos resistentes que bem tentam puxar por uma classe perfeitamente amorfa e cheia de anomia); ficam à espera que alguém faça alguma coisa pois não estão para se ralar; que se “preocupam” muito com os alunos (não os querendo “prejudicar”) quando estes se estão nas tintas para eles e os profs. se prejudicam seriamente a eles próprios; etc….
    Uma classe profissional triste e sem consciência. Que não se admirem que lhe caiam muitas desgraças em cima. Vai chegar o dia em que será mais compensador ser operário numa fábrica ou empregado de escritório que ser professor. Como antes: em tempos, neste país, um professor primário ganhava 2500 reis; o coveiro do cemitério ganhava 7 500 reis. Pensem nisso. É que se calhar esses tempos já não estão assim tão longe.

    Gostar

    1. Ou vamos para o Algarve para as limpezas. 15/16 euros /hora. Muitos de nós ganham menos. Com todo respeito por quem limpa. Daqui a uns anos, não haverá professores.

      Gostar

  2. Não quero ser desmancha-prazeres. Até porque já assinei.
    Mas não acredito que do ParaLamento, povoado de hipócritas, imbecis e asquerosos seres (exceptuo o Professor Quintanilha, que está lá um pouco deslocado e merecia melhores companhias), venha alguma coisa boa para os Professores.
    Ou para seja quem for além deles próprios, párias repugnantes da sociedade.

    Gostar

    1. Serve para obrigar os partidos a demonstrar toda a sua coerência já que, há alguns meses apenas, recomendaram ao Governo (deputados do PS incluídos), a recuperação de todo o tempo de serviço dos docentes.

      Gostar

      1. De acordo. Vamos ver até onde vai a pouca vergonha.

        Mas faz-me um pouco de confusão que use as palavras “partidos” e “coerência” na mesma frase. É como usar “Cavaco Silva” e “humorista” ou “prostituta” e “virgindade” na mesma frase, soa estranho.

        Gostar

    2. Também já deixei essa ideia aqui ( fui dos primeiros a assinar a ILC ).

      A luta passa mais pelas greves mas, a sério. Não como a velha guarda sindical deseja.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.