O Que Falta No ME

Um ministro que o seja e não apenas que seja tido por tal, para efeitos de simulacro negocial.

Um@ secretári@ de Estado que entenda que os cargos políticos não se destinam a propagar os seus credos pedagógicos particulares, em especial quando estacionaram algures no tempo, por muito que tenham sido entusiasmantes na sua formação.

Um@ secretário de Estad@ com sólida formação jurídica e com respeito pelas regras do Estado de Direito e não no aproveitamento das entrelinhas, omissões ou contradições entre normativos para usar para atropelar os direitos de cidadãos que, por acaso, são professores.

Serviços administrativos centrais* competentes em tudo aquilo que o Estado – para além das situações políticas particulares – precisa deles para desenvolver e regular a sua relação com os cidadãos de uma forma isenta.

brain

 

(* acrescentei este termo para que se perceba que me refiro às dgestes que produzem notas informativas e afins e não às secretarias das escolas)

2 thoughts on “O Que Falta No ME

Deixe uma Resposta para Alice Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.