6 thoughts on “A Ter Em Conta

  1. O Centeno é como o Gato das Botas, anda a fingir que está ali para ajudar o príncipe a meter-se debaixo dos lençóis com a princesa.

    Ao estado profundo interessa que este Syriza à portuguesa — um arregimentar da esquerda que assegura simultâneamente a sobrevivência do regime — funcione como lubrificante para a segunda fase do processo de destruição das classes médias.

    Sintoma da eficácia deste tipo de estratégias, seguidas por esse mundo fora, é o ressurgimento dos partidos autoritários e a sua chegada ao poder. Quando as classes médias engordam o poder dilui-se. Neste caso, os super-ricos, com o seu trauma ancestral, receiam que lhes venham a falar os escassos recursos do planeta e decidiram concentrar o poder. Por isso querem virar os mais pobres contra a classe média, o que se faz em duas fases: insemina-se a ideia de os mais pobres nunca subirão à classe média e acusa-se esta de querer manter níveis de rendimentos moralmente injustificados.

    Neste contexto os profs eram descartáveis, uma vez que a Nova Idade Média encontrou os seus depositários do saber numa qualquer ordem de obediência estrita, sedeada nos mosteiros dedicados à nova divindade da cyberfinança. Tudo em redor será terraplanado para que possa florescer de novo o Éden que só a elite deve disfrutar. Porque depois de acabar com a classe média, os mais pobres, entregues a si mesmos, por sua vez levarão a cabo a sua autodestruição.

  2. F,

    Já li .

    …” Esta penalização já foi eliminada no caso de carreiras contributivas muito longas mas o corte ainda afeta outras pensões antecipadas. A revisão do regime continua na mesa, mas o Governo reiterou esta quinta-feira que não “tem ainda nenhuma data para a sua concretização”….

    A colega acredita ? Acabar a penalização de 14,5 % ?

    …” De boas intenções o inferno está cheio “…

    mesmo “continuando” na mesa ,embora sem data agendada .

    Continuando a ser descontado 0,5% por cada mês de antecipação ?

    Lamento mas não acredito !!!!
    Vieir@ Silv@ ???? Centeno e Toni ???? Que trio !

  3. M,

    Estamos a falar de pensões antecipadas e não de reformas com os actuais requisitos: 66,6 anos de idade e 40 de descontos.

    O M reformou-se em que condições? Antecipada ou não antecipada?

    (O que o texto tb diz é que esse factor desaparece para as carreiras contributivas longas, com 48 anos ou mais de contribuições.Neste caso , com 60 anos, pode-se reformar sem esta penalização. Com 46 anos de contribuições tb não há cortes, se o trabalhador tiver começado a trabalhar aos 13 anos, por exemplo.)

    Assim sendo, se esta opção de troca de tempo congelado por anos de contribuições fosse possível (o k sinceramente não acredito, a não ser bem próximo de eleições, talvez), muitos professores poderiam reformar-se sem este factor de sustentabilidade.

  4. Os estudos publicados mostram que a maioria dos aposentados viverá abaixo do limiar da pobreza. Comentadores de todos os quadrantes já glosaram o tema. Quem se reforma perde todo o poder negocial.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.