E Concluiu-se O Que É Óbvio e Evidente, Mas Parece Carecer de Validação em Estudo

Metade dos professores com sinais “preocupantes” de exaustão emocional

Níveis de esgotamento são mais elevados nos docentes com mais de 55 anos. Cerca de 40% não se sentem realizados. Há uma relação directa entre sinais de exaustão e queixas relacionadas com salários. São dados “absolutamente catastróficos”, diz coordenadora de estudo pedido pela Fenprof à Universidade Nova.

brainwash

5 thoughts on “E Concluiu-se O Que É Óbvio e Evidente, Mas Parece Carecer de Validação em Estudo

  1. Bastaria passar uma manhã numa sala de professores e chegar-se-ia à mesma conclusão sem necessidade do estudo científico da UN.
    Na minha opinião a referida % até peca por defeito.

    Gostar

  2. De acordo com o resumo do estudo, essa exaustão vai-se transformando num processo psicossomático que cada um vive para dentro e que, sendo constante (cada vez mais constante e progressivo e sem verdadeiros momentos de pausa) tem consequências sérias a nível físico e emocional.
    De repente, já não se aguenta mais e “bate-se no fundo”.

    Implode-se, mas também se explode.

    E o que temos lido nas redes sociais neste momento difícil (e noutros anteriores), é revelador.

    Ainda ontem, num programa da TV, um senhor Moita de Deus afirmava que tal se devia aos ….sindicatos.

    E passei à frente…….

    (deixei este comentário no blog do António Duarte e pensei que tb ficaria bem aqui)

    Gostar

  3. (deixei este excerto e este vídeo no blog do António Duarte e pensei que tb ficaria bem aqui. Assim pode abranger mais professores, já que não vi nada disto na CS mas, se calhar foi problema meu….)

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.