O Fim da História?

Não, não se trata de mais uma diatribe sobre os cortes nos conteúdos e tempos lectivos da disciplina no Ensino Básico, com o colaboracionismo (ingénuo? apalermado?) da APH.

Trata-se de outra APH – a Academia Portuguesa de História – que decidiu dar o título de académico honorário a Santana Lopes porque apoiou, como dinheiros da Santa Casa, a publicação da obra completa do Padre António Vieira.

Em tempos, os “mecenas” contentavam-se com a fama e eram eles que outorgavam títulos aos seus protegidos. Agora é tudo muito diferente. Clio pode embaraçar-se, mas não adianta nada. A degenerescência académica é galopante.

Eyes

 

11 respostas para ‘O Fim da História?

  1. Não me pagam para ser advogado de ninguém, mas telefonei há uns 11 meses atrás para os colegas da APH a propósito de algumas questões que a revisão curricular (mais uma…) me estava a colocar e aos colegas do grupo, na minha escola. Fiquei com a ideia que a modalidade de discussão imposta pelo ministério era surrealista…
    Alguém ligado à APH que confirme e explicite com maior propriedade o que digo…

    Gostar

  2. …” Foi, pois, este núcleo duro da Academia que se reuniu nesta segunda-feira para eleger o antigo primeiro-ministro “…
    Pergunto eu : e o Durão Barroso ? Aceitará bem ? Assim ,sem mais nem menos ? … um novo membro honorário da Academia Portuguesa da História ?
    🙂

    Gostar

  3. Parabéns, Paulo Guinote, pelo seu excelente texto! Eis, de novo, a barbárie cultural em flagrante euforia!
    Um abraço
    Maria do Carmo Vieira

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Google

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Facebook

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.