Prós & Contras sobre Educação, Hoje

Em matéria de Educação parece-me que hoje à noite (sou supersticioso como os Heróis do Mar e o Stevie Wonder, gosto sempre de ressalvar imprevistos próprios ou a morte do Eusébio – sim, tive de regressar a casa uma vez quando já ia a caminho do estúdio para um programa sobre Educação que foi cancelado por esse motivo) me destinaram o papel de ser do “contra” no meio dos “prós”, com o secretário de Estado João Costa à cabeça.

Agora resta saber se, no meio de tanta paranóia e escavação, pesquisaram correctamente o que penso do assunto. Desse que estão a pensar ou outro.

Ricochete

67 thoughts on “Prós & Contras sobre Educação, Hoje

  1. Esperemos que ao menos não sirvam pizzas. A Fátima que se deixe de coisas e não reforce no catering que isto discutir com fome azeda a conversa. Por mim deviam abrir com a notícia de que o governo se propunha contabilizar os anos de propedêutico, tropa, tempo de espera para entrada na profissionalização e deslocações a mais de 200km a dobrar para efeitos de progressão na carreira. Sendo assim já dispensaria os 7 anos que pretendem ignorar.

  2. VAi ser um programa fofinho onde se ira falar de NEE’s juntos com não NEE’s (poupar €€€), flexibilizacao (passar toda a gente) e que os profs tugas sao os melhores do mundo 🙂

    1. Ler alguns daqueles “constructs” e “skills” tb não ficava nada mal.

      Os meus alunos adoraram!

      Os que não me conhecem ainda ficaram meio desconfiados……..

  3. Bom, agora temos uma mãe delirante…
    Está a dizer umas coisas estranhas: que os filhos não conhecem os professores, que não falam com eles, etc., etc.
    Enfim, mais um contributo negativo/ invertido…

  4. Foi impressão minha, ou a Fátima
    C.F.. tentou fazer com que a aluna ”falasse mal dos professores”?

    A aluna, mesmo pressionada pela Fátima C. F., lá foi dizendo que os professores se interessam pelos alunos, a Direção não os ouve… Ui…

    Jornalismo isento… como lhe é habitual…

  5. Eu já não consigo mais!

    Aqueles senhores das “business schools” e aquele senhor das epistemologias da ciência e das filosofias das ciências ou vice-versa e mais a mãe e os filhos que não conhecem os profs e têm de ir ao ….facebook……e mais o que para aí virá e mais o jovem do painel e os painéis solares e mais o aprender a aprender….

    Desculpe Paulo, mas vou mudar de canal.

  6. Realmente, só o Paulo é que sabe do que está a falar. Os outros têm o discurso redondinho que convém, mas completamente fora da realidade! Nem distinguem o nível etário, como se miúdos de 7, 12 e 17 anos fossem iguais, todos super iluminados e empreendedores!

  7. Já não posso ouvir o puto caixa d’óculos com a t-shirt… descobriu q o nosso cérebro é o mesmo… e a Fátima diz q vem tudo no pacote…

    Please!

    Conheci a Cohen quando era estagiária. Nada como passar pelo PS de Alcanana para aprender tanta posta de pescada. Projetos e formações da treta. Muito vale o encosto do partidozinho… é só softskills…

  8. E o Flinto a tocar violino para o SE. Que Cromo! Quem lhe tira o tempo de antena?

    Alguém cá em casa passou pela sala e perguntou-me se o sr do profissional era da IURD… é q tem o mesmo estilo…
    Aleluia!

    1. Eu não fiquei em prantos, pois é demasiadamente compatível com rugas. E hoje, para ouvir o Paulo, já esgotei o plafond mensal.
      Mas cheguei perto da comoção. 😊

  9. Parabéns, senhor Professor Paulo Guinote! Precisamos de si para pôr os pontos nos is em todas estas oportunidades! Obrigada pela categoria com que representa os professores!

  10. Não faço ideia do que passou para fora… eu fiquei com a sensação de tudo o que não deu para dizer.
    Muitos foram os apontamentos que fui fazendo.

    Mas, admito, ao menos – tarde – o SE Costa lá fez o “desmentido”…

    Aquilo é um micro-clima tramado. Muita laca na assistência.

    Amanhã tentarei falar melhor do assunto.

  11. Paulo, não te preocupes com o que ficou por dizer. O que disseste foi muito importante.
    Muitos «sapos» foram ali «engolidos». Alguém ficou maldisposto. Eheh.
    Obrigada Paulo pelo trabalho que tens para repor a verdade.

  12. Claro que ficou muito por dizer.. Mas, Paulo, só o ar do SE a ouvir-te… valeu a pena. Mentira. Foste calmo, bem documentado e conseguiste mostrar a realidade das escolas por dentro. E adorei logo a tua 1ª intervenção. Eles não descobriram nada que não tenha já sido experimentado. E, na realidade, passou-se de uma reforma(?) a outra e a outra, sem que tivesse sido feita uma avaliação…

  13. Maria S. Lemos

    Paulo guinote sempre grande!!! E o secretário esteve bem atento ao que ele dizia. De resto pategos a falar… Era digital… Bla Bla… Flexibilização… Bla Bla. Sempre fiz articulação disciplinar, o que querem agora???!! Só invenções… Os putos querem é brincadeira e estudar conteúdos pilares das várias disciplinas??! Pois… É chato!!!

    1. …e o PR a almoçar com o ministro da educação… Ao pior nível do sr Silva.
      O sr silva, nos momentos críticos, ou não se pronunciava ou estava no estrangeiro.
      Dias depois aparecia ao lado da pária mlr.
      Este, está sempre a aguardar, ou pelos preliminares, palavras dele, ou pelos “finalmentes”. Entretanto vai dar a mão ao ministro, chorando lágrimas de crocodilo.
      Um silva, para pior, muito pior, perigosamente manhoso.

  14. Quem é que se referiu ao facto de os alunos, guiados pela escola do séc. XIX e professsores do século XX, esquecerem parte do que leccionam e necessitarem de rever periodicamente conteúdos? Foi a Raquel Cohen?
    A flex coiso vai acabar com isso, não é?
    Afinal, o cérebro humano não será sempre o mesmo e o pacote vai mudar.

  15. Tretas rosinhas à maneira dos rosinhas!
    Dos lic’s por equivalências e merdas do género…
    Porque será que estes pedagogos não querem dar aulas nem trabalhar com os alunos?
    Querem é debitar tretas que não são capazes de pôr em prática…Tristeza!!!

  16. Concordo.
    Daquela gente quem entra numa (várias) sala(s) de aulas, todos os dias, para lecionar????
    Vão trabalhar, corja de malandros que nunca fizeram NADA.

  17. Eu sei que me vão matar, mas quem disse mais parvoíces foram os da assistência e os do painel, com a excepção do Paulo e….do SE.

    Apesar de tudo, nem o SE disse tanta patacoada acabando por reafirmar que os dados da OCDE tinham de ser lidos de modo correcto e acabando com um elogio aos professores que, naquele momento e com aquelas intervenções e “laca” da plateia foi, vamos ser honestos, positivo mesmo que politicamente correcto.

    Aquela jovem aluna é a representante dos alunos portugueses?

    Quantos dos nossos alunos se teriam portado tão melhor?

  18. Obrigada, Paulo Guinote. Já muito foi dito aqui sobre a sua prestação, com o que concordo inteiramente. Não é fácil naquele contexto de vacuidade falar do que importa. O Paulo falou com consistência, marcou a diferença e nunca permitiu troca de palavras em retórica barata. Pelo menos, tivemos alguém que nos representou dignamente, o único que pode falar em nosso nome. Pouco adianta; o mal continua a ser feito. De qualquer modo, a sua voz é uma pedrada no charco.

  19. Quanto terá custado ao professor Filinto Lima, presidente da ANDAEP (associação nacional de diretores de agrupamentos e escolas públicas) ter ficado,apenas, na assistência?
    Ficou célebre no Império Romano a frase “Roma não paga a Traidores”

  20. A Fátima fez questão de corrigir o SE e recentrar a diretora, não em Londres, mas em Alcanena. Viram? Adorei. Da merdaleja ao brexit vai uma distânciazinha, certo? Não é para todos.

    1. Em relação a esse exemplo,considero que foi apenas um exercício teórico. Nada de mais. Comparou realidades diferentes para explicar o que é o poder de compra entre regiões e países. ( um aluno de Economia aprende isto no 10º ano)

      Nada que os nossos emigrantes,imigrantes e migrante não saibam isso…

  21. Eu não vi o programa, simplesmente porque não vejo televisão, mas pelo que li aqui tenho de deixar um grande obrigado ao Paulo Guinote.
    Manuela Marques

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.