E Os Directamente Interessados Poderão Tomar Conhecimento da Proposta Quando E Como?

Não falo por mim, que não tenho cartão, mas das dezenas de milhar que têm.

A Fenprof vai apresentar uma proposta de recuperação faseada dos 9 anos, 4 meses e 2 dias e de troca de tempo pela antecipação da aposentação, contas que já tem andado a fazer e que pretende apresentar ao Governo.

O resto da Plataforma concorda?

coelho-em-cartola-fantasia-magos-1428249

 

 

17 thoughts on “E Os Directamente Interessados Poderão Tomar Conhecimento da Proposta Quando E Como?

  1. Não concordo! Acho inaceitável que seja essa a única proposta. Antes dessa, considero que deve ser negociado o estatuto da carreira docente, no sentido de acabar com as limitações ao acesso ao 5º e 7º escalões. Desde o início das negociações, os sindicatos deveriam ter colocado em cima da mesa esta opção.

    1. Cara Sónia, o (não) acesso ao 5º escalão é demasiadamente constritor para a carreira docente, porque não aplicar ao 7º e 10º escalões????

  2. Primeiramente os 2,9,18, ou sejam 1018 dias, deveriam de ser repostos de imediato a 01/01/2019, depois a redução dos 1100 minutos para os anteriores 990 (como na maioria das escolas fazia, 11 blocos de 90 minutos)
    E a redução de alunos por turma? As horas de direcção de curso? de turma? de direcção de instalações? do PTE? dos apoios educativos? Já para não falar nos delegados de grupo disciplinar de departamento.
    Mas o que interessa são os 9a4m2d ??????? sindicalistas do ….

    1. Professores e professoras que lambem as botas de quem lhes paga ao minuto, contado a toque estridente de campainha, em que o tempo de curtos intervalos passados na sala dos professores, na secretaria, na sala da Direção ou na casa de banho, a fazer serviços necessários e inadiáveis, não é contabilizado como tempo de trabalho, letivo ou não letivo, podem saber aplicar aos seus alunos teorias pedagógicas aberrantes, como a Flexibilidade Curricular e o Aprender a Aprender, mas procedendo assim acabarão por destruir a escola que, por definição, é um lugar onde os professores ensinam e os alunos aprendem.
      Um professor, depois de sair da sala de aula, ao toque da campainha, durante os cinco ou dez minutos em que se dirige para a sala dos professores, onde, eventualmente, conversará com colegas sobre assuntos da escola até que a campainha o chame de novo para sala de aula, não está objetivamente a trabalhar – o relógio de ponto que conta os minutos passados no posto de trabalho é desligado!
      Só grandes especialista em gestão de recursos humanos e formação profissional, como são a Professora Doutora Maria de Lurdes Rodrigues e o sindicalista Mário Nogueira, poderiam conceber a aberração que são os horários atuais dos professores das escolas C + S e secundárias, para que estes não se fiquem a rir dos professores primários e educadores de infância que se fartam de trabalhar!

  3. A FNE está no mesmo barco mesmo no que respeita à não divulgação da proposta. Por conseguinte, penso que a restante plataforma acompanhará. Não sei se a proposta é platafórmica ou sindicato a sindicato. Como não tenho quaisquer cartões desde o século passado ( o do SPGL foi à vida nessa altura), fico à espera dos desenvolvimentos.

  4. Baralha e baralha…volta a dar cartas….volta a baralhar … o Nogas e o Carlos Fne querem é saltar.
    Querem lá saber dos restantes…
    Alguns talvez possam aproveitar o momento e a molhada , e …mas no futuro ???
    Daí a estratégia escolhida desde o início ( um Nogas manso e toca a ir de férias ).

    1. Obviamente. Os negociantes só defenderão/proporão aquilo que for dos seus interesses. Isto da consulta às bases é conversa para “boi dormir”.

  5. Desconheço se fulano beneficia ou não. Só posso constatar que os professores que se encontram no 9º e no 10º escalões em nada beneficiam com a proposta do Governo, tal como foi apresentada.

    Publiquei no blogue “Escola Portuguesa” o seguinte:
    “Eis o que é relevante, para mim, neste momento histórico: canso-me ao longo da primeira aula, à segunda a situação agrava-se e no final da terceira, quarta, estou de rastos! Física e psicologicamente. Dói-me tudo. Turmas de 7º ano, enormes – 27, 28 alunos – agitadas, destemperadas, exigem uma força, uma energia tal para manter um mínimo de ordem na sala, que eu já não possuo. Desgastam-me, corroem-me. Sinto-me a claudicar, os meus 58 não aguentam. Nunca gostei de recorrer aos atestados (Pfff, quem me agradece?), mas sinto que este ano não vou conseguir levar isto a bom termo. Um número significativo de colegas, da minha escola e da minha geração, estão a ser acometidos por graves problemas de saúde: coração, AVC, síndromes… para já não referir os vulgares ataques de ansiedade e depressões. Nunca tinha visto nada assim! E interrogo-me: quando é que me calha a mim?”.

    1. Creio que aquela coisa que o ME mandou cá para fora, a manter-se, vai dar origem a estranhas confusões e ultrapassagens. Um bom texto, aqui:

      https://www.arlindovsky.net/2018/09/a-promocao-das-ultrapassagens-entre-docentes/

      E, como estou num destes escalões, também tenho o direito a chamar a atenção para estes casos. E não me venham com a estória de se ser já muito privilegiado, ou de se ter o mesmo conteúdo funcional, ou de o que tu queres sei eu ou divide mas é o teu vencimento pelos que ganham menos…..à boa maneira lusa.

      “PS: a proposta de que tivemos conhecimento ontem, é uma vergonha. Não só para o governo, mas para o país. Dá a impressão de ter sido redigida em cima do joelho e sem considerar, sequer, todas as situações possíveis de prejudicar os docentes. Não tem em conta que há colegas que estiveram todos estes anos à espera de passar ao 10º escalão e que nunca irão beneficiar do tempo de serviço que querem atribuir a todos os outros. Onde está a equidade, a igualdade, a democracia…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.