E Ainda Há Quem Tenha Cara de Gozar Com Quem Andou A Recolher Mais de 20.000 Assinaturas?

Só precisam de 4000 assinaturas, levam quase um ano, e deixam o essencial de fora? Não lhes “passava pela cabeça”? A sério? Não foram mais do que avisados?

Este tipo de resposta só pode significar uma de duas coisas (e nenhuma é boa):

  • Foram enganados a valer.
  • Andaram a enganar-nos a valer.

Não há tempo de serviço na petição da Fenprof que vai ser debatida hoje no Parlamento

Dirigente da Federação Nacional de Professores diz que quando a petição foi lançada, há um ano, não lhes “passava pela cabeça que o tempo de serviço não ia ser contado”.

Pizza

(já se percebe porque a ILC lhes faz tanta comichão e causa azia…)

Anúncios

20 thoughts on “E Ainda Há Quem Tenha Cara de Gozar Com Quem Andou A Recolher Mais de 20.000 Assinaturas?

  1. Uma de duas coisas ?
    Penso que se verificam as duas simultaneamente.
    Embarrilados e a embarrilar.
    Ao grande Nogas, apenas interessava o tempo ” ganho / trocado ” para poder usufruir e aplicar na data da sua aposentação.
    Certinho !

  2. Uma BOA notícia para tantos de nós:

    “PCP anuncia acordo para fim do fator de sustentabilidade até 2020”

    “A penalização do fator de sustentabilidade irá acabar no próximo ano para quem pedir reforma antecipada, com o PCP a garantir que “está fechado” o calendário da medida que acontecerá em duas fases. O Governo não confirma que esteja finalizada e o Bloco de Esquerda garante que ainda está a negociar.

    João Oliveira, do PCP, explica que o que ficará no Orçamento é uma espécie de autorização legislativa que define que em 2019, quem se reformar aos 63 ou mais anos, com 40 anos de carreira contributiva, deixa de ser penalizado via fator de sustentabilidade e o mesmo acontecerá em 2020 para quem se reformar aos 60 anos, também com 40 anos de descontos.”

    (observador)

      1. Esta pergunta faz-me lembrar um questionário que passou lá pela escola há alguns bons anos para uma qq tese de mestrado ou doutoramento em Ciências da Educação:

        “Participa na escola ou só dá aulas?”

        Confesso que o atordoamento inicial deu azo a um texto inspirado sobre a pergunta.

  3. Vão desculpar-me, mas há que estar atento às fake news.

    Ainda há pouco, no blog do colega Arlindo, há uma notícia de Setembro!

    Temos de fazer um esforço e ser exigentes. Afinal, somos professores e ensinamos os alunos a verificarem as fontes e não irem às wikipédias….

    “Fenprof espera que AR fiscalize e trave decreto do Governo para contar tempo de serviço
    A Fenprof disse esta quinta-feira que, caso não haja veto presidencial, espera que o parlamento cumpra a sua função fiscalizadora e não permita a aprovação do decreto-lei do Governo sobre a contagem do tempo de serviço congelado.”

    (negócios)

    Vamos às fontes:

    https://www.fenprof.pt/?aba=27&mid=115&cat=95&doc=11722

  4. “Na discussão que se realizará na AR, os professores esperam ouvir os diversos grupos parlamentares a condenar a decisão do governo de, em desrespeito pela Lei do Orçamento do Estado de 2018 e pelos professores e educadores, impor a eliminação de mais de 6,5 anos de serviço cumprido, e, também, a apresentar propostas para resolver os vários problemas que o ME/Governo, por incapacidade, incompetência ou falta de vontade política tem vindo a arrastar.”

    No Parlamento entrou uma ILC para resolver esta questão.
    Gente ligada aos sindicatos e, por exemplo, ao PCP, afirmou que essa era uma iniciativa perigosa porque poderia levar a iniciativas parlamentares que fossem prejudiciais aos interesses dos professores.

    Agora já se espera que existam grupos parlamentares “a apresentar propostas para resolver os vários problemas”.

    Isto significa que:

    1) Ou mentiram sobre a ILC ou estão a mentir sobre os efeitos da petição.
    2) Uma petição não tem efeitos legislativos imediatos e, em regra, vai para arquivo.
    3) Há gente mesmo sem nenhuma vergonha na cara.

    http://www.parlamento.pt/legislacao/documents/legislacao_anotada/exerciciodireitopeticao_anotado.pdf

  5. A ver se nos entendemos sobre “cóltura política”:

    1) Um dl não carece de aprovação parlamentar.
    2) Uma apreciação parlamentar não tem efeitos suspensivos, mas pode suspender ou alterar um diploma se existir uma maioria de deputados nesse sentido.
    3) PCP e Bloco não conseguem ter mais votos do que o PS.
    4) O panorama é o mesmo da ILC, com a diferença que o PCP já anunciou que votará contra se chegar ao Parlamento.
    5) Há gente sem vergonha na caram que apenas se quer limpar de 3 anos de erros,

    https://www.publico.pt/2017/01/14/politica/perguntaserespostas/o-percurso-de-uma-apreciacao-parlamentar-1758243

  6. Há gente que mente, usando de forma selectiva a informação, enquanto acusa os outros de erros.
    Há gente que deveria ter a decência de ver-se ao espelho de manhã e lavar a cara, para tirar a máscara.

  7. A atuação dos “profissionais da luta” em todo este processo é patética e esta “tragicomédia” não deixa de ser risível, embora afete e prejudique a vida e as aspirações (justíssimas) de tantos professores!!!

  8. Outra frente de batalha. Factos:

    “Foi chumbado o projeto de resolução do PCP que pretendia aumentar o salário mínimo para os 650 euros, em janeiro de 2019. Os socialistas votaram contra, ao lado do PSD e do CDS.”

    “Espanha vai aumentar salário mínimo para os 900 euros
    A medida foi acordada entre o Unidos Podemos e o PSOE e será incluída no próximo Orçamento de Estado”

    Citando o mesmo poeta, embora melhor, “Se o Dantas é português eu quero ser espanhol!”

  9. Enquanto os profissionais da luta tiverem a gamela à disposição, fazem que ladram mas não mordem. Foi ver como ajudaram a segurar a Milú e o socras com aquele memorando de entendimento que traiu a vontade de 120 mil professores, dando ao socras (e ao salgado e restante camarilha) um balão de oxigénio para continuarem no poleiro….com o argumento que o que podia vir a seguir seria pior!!! Como se pudesse haver pior…

  10. Concordo com o Paulo a 100%. Cheiram mal. São nojentos. E,já agora, quem se deixa enganar é porque quer, tipo “Quanto mais me bates, mais gosto de ti”. Não sejam parvos. Cresçam e apareçam. Esta é para a F.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.