12 thoughts on “O Ministério Irresponsável

  1. Os manuais do IKEA pelo menos vêm com os parafusos no sítio. Este é mais complicado que um armário de três portas de correr, tem algumas peças a mais e faltam-lhe muitas outras. Pelos vistos, a fábrica não aceita reclamações!

  2. O ME ainda não atingiu a maioridade, logo estes atos não lhe são imputáveis… 😉
    Por outro lado, pode ser lido de modo diferente: é a assunção do próprio ministério de que não confia no teor do guia… 😊

    “Esta publicação reflete a perspetiva dos autores e o ME/DGE não pode ser responsabilizado pela utilização que possa ser feita das informações nela contida.”

    O ministério tem sido pródigo em brindar-nos com variadas pérolas. Este é apenas mais um “tesourinho deprimente” para ‘enriquecer’ o seu patético e disparatado espólio…

    1. Como não sabem redigir, recorerrem , pobremente, a analogias : essa do ” reflete a perspectiva dos autores (…) e ” o ME não pode ser responsabilizado pela utilização (…)” não lembra ao diabo. Faz recordar – nas campanhas eleitorais de antanho – aquelas minutinhos de verborreia que as formações políticas debitavam na TV e, esta, avisadamente, nos sossegava com um ” A comunicação é da inteira responsabilidade do partido x” . Ou , noutras circunstâncias ” a entidade x não pode ser responsabilizada por qualquer dano que… . Meu Deus !…

  3. Este “manual” é mais um documento, dos muitos que têm sido produzidos pelos doutos “especialistas” dos gabinetes ministeriais que, sendo ambíguo e pouco credível, que não é para ser levado muito a sério…

  4. Professores e técnicos lançados às feras.

    Mais uma vez, de forma cobarde, o ME ou os seus “Gabinetes” não assumem ou assinam as suas missivas. Impermeabilizam-se e sacodem a água do capote. Todos poderão cair menos o ministro.

  5. Admito que não li a “Ficha Técnica” :), mas felizmente alguém o fez por mim e chamou a atenção para um “pormenor” absolutamente surpreendente…

    Sinceramente, não sei bem como interpretá-lo, mas (como tem sido apanágio deste ministério) não deve querer significar coisa boa…

    Se isto significar a desresponsabilização da tutela em relação aos possíveis efeitos práticos da aplicação do 54, só vejo uma decisão a tomar:

    A demissão de todos os elementos que compõem as Equipas Multidisciplinares!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.