Continuo A Interrogar-me

Não por ignorar a saída do paradoxo, mas porque observo diariamente (não necessariamente em proximidade, ok? quietem-se os que buscam pistas na evaporação do éter) quem diga promover a diversidade mas só usa abordagens e ferramentas formatadas há décadas e quem defenda muito a inovação e criatividade, desde que não se lhe conteste a fórmula. Abstenho-me – ou quase – de referir – a avaliação da tais competências para o século XXI com muitas cruzinhas e quantificações parametrizadas. Quem queira abordagens holísticas, desde que percentualizadas as partes.

Sei que me repito, mas é um maravilhamento que insiste em não me abandonar.

Mirror

4 thoughts on “Continuo A Interrogar-me

  1. Esperemos que das contradições surja uma saída superadora, segundo o modelo hegeliano. Mas quanto tempo há que esperar? O excel continua a produzir maravilhamento em certas mentes que nele descobrem a grande solução para uma avaliação dita objetiva sob a qual o professor se protege e se poupa. Bem sei que nada disto é fácil, mas não nos devemos enganar a nós próprios. Continue a interrogar-se, Guinote, e a partilhar as suas interrogações connosco. Eu, pelo menos, sinto-me menos só. 🙂

    Gostar

  2. Flexibilidade com avaliação até às centésimas?!!! Haja pachorra.
    “Perdoai-lhes Senhor, porque não sabem o que fazem!” Acrescento: São completamente imbecis!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.