Um Azar do Caraças

Um tipo tem uma pequena pausa, liga a TSF e apanha o Paulo Baldaia a comentar a greve dos enfermeiros, a simular com pouca habilidade que não se limita a ecoar a cartilha do PS sobre como os enfermeiros estão a perder a opinião pública, ali com umas pitadas de outras coisas, completamente incoerentes. Exactamente a mesma conversa que foi feita quando da greve às avaliações dos professores. A máquina continua oleada. Antes os sermões daquelas rádios evangélicas.

Torre

 

13 thoughts on “Um Azar do Caraças

  1. A demagogia reinante nesta aprazível republicazita ainda não deu os passos todos que, a avaliar pelo andar da carruagem, pode vir a dar: Ainda conto vir a assistir a um referendo em que a ‘rapaziada da plítca’ distribuirá um papelete a cada português com as seguintes questões:

    Escreva, no espaço adequado, os ordenados que considera justos para:
    um professor com 20 anos de serviço_____________________________
    um enfermeiro com 40 anos ______________________________
    uma enfermeira, mas daquelas boas (e tudo) _________________________________
    um médico ________________________________
    um médico daqueles bons (especialista e tal) ______________________________

    Recolhidas as santas opiniões populares, somam-se os valores para cada classe profissional e dividem-se pelo número das opiniões expressas. Ganhava-se definitivamente a opinião pública e as finanças também ganhariam uns cobres (talvez não ganhassem tanto com a retribuição para a 3ª categoria profissional em equação… mas mesmo assim…).

    Gostar

    1. Raposo,

      Desculpe, mas foi muito ‘generalista’ na pergunta que sugeriu para a avaliação dos professores. 🤔

      Porque não:
      uma professora, mas daquelas boas (e tudo) _________________________________

      Afinal, somos a maioria (milhares de professoras boas e boas professoras, ora pois) e, assim, a sugestão salarial ser-nos-ia mais favorável, com certeza. 😊

      E os senhores professores também ganhariam com isso – a primeira e a segunda opção -, certo?

      Gostar

      1. Tem a colega toda a razão. O meu mais sincero pedido de desculpas.
        Respondendo à questão que me coloca: – por medo. É evidente que um calhau com olhos como eu, numa perspectiva assim tão estética da aptidão para a profissão, ficaria a auferir uns cêntimos e duas garrafas de aguardente bagaceira por período…
        Agora, nesta deprimente perspectiva, sou eu que lhe peço para que seja justa comigo…
        Atenciosamente,
        Raposo Tavares

        Gostar

  2. Caro Raposo,

    Se a população – a rapaziada, claro está! – referendar um salário bem generoso para as professoras, poderá contar com a minha compreensão e generosidade.
    Ficam garantidas duas garrafas: uma de Cardhu e outra de Dimple, ambas de 15 anos. Parece-lhe bem? 😉

    Gostar

  3. tsf, dn, sic, tvi, rtp, rr, eco, observador, expresso, visão, sábado, etc,público, etc, etc….eles rodam e rodam saem e voltam e revoltam. é sempre a dança das cadeiras e são sempre os mesmos……

    Gostar

  4. Irritam-me solenemente os Baldaias e afins que de tudo sabem. Seja futebol, o Papa, a economia ou as cuecas do Costa. São os maiores peritos e estão em todas para lançar bitaites. É só rodar a cadeira e temos balelas. E, nós, ainda temos de pagar taxa de audiovisual para os aturar!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.