Eu Até Gostava do Ministro Álvaro

Quando a OCDE publica estudos sem ser “por encomenda” sobre a Educação, as coisas parecem correr mal.

Pela mão da equipa do ex-ministro Álvaro Santos Pereira, a corrupção surge pela primeira vez em foco num relatório da OCDE sobre a economia portuguesa. Governo considera forçado e assente em preconceitos.

Santos Pereira foi um ET enquanto esteve no governo e lá teve de sair porque catrogas, mexias e amigos valem muito mais para as “elites” do que um estrangeirado. E ele foi muito menos fofinho do que o nosso ministro Tiago que diz uma coisa, faz outra e ainda rodopia. Santos Pereira foi enviado para uma prateleira dourada como quase todos os que se tornam dispensáveis (ainda me lembro dos cargos que aceitaram carrilhos&cravinhos), mas parece que não se esqueceu da forma como as coisas são feitas por cá.

exp5jan19

Mas, claro, já houve fuga de informação e o operacional governamental de agip-prop já entrou em campo e não me admiraria muito que em nome das boas relações com a OCDE, o relatório final tenha um destino parecido a algumas das medidas em estudo que na altura fizeram o ministro Álvaro ter de sair.

Mas alguém acha que a maior parte dos grandes negócios feitos por cá é feita de forma limpinha, limpinha? Basta ver quem negoceia, quem intermedeia e depois quem ficar a administrar. É quem sequer é uma forma subtil de fazerem as coisas.

Alcatrao

(claro que sabemos pelo SE Costa que os governantes de cá de nenhuma forma conseguem influenciar relatórios da OCDE, certo?)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.