Da História (Não Essencial Ou Semestral)

The Civil Service Examinations of Imperial China

The civil service examinations of Imperial China allowed the state to find the best candidates to staff the vast bureaucracy that governed China from the Han Dynastyonwards (206 BCE – 220 CE). The exams were a means for a young male of any class to enter that bureaucracy and so become a part of the gentry class of scholar-officials. The exams had multiple levels and were extremely difficult to pass, requiring extensive knowledge of Confucian classics, law, government, and oratory amongst other subjects. For the state, the system supplied not only able candidates who were selected on merit but also ensured an entire class developed which had sympathy with the ruling status quo. The exams were in place for over a thousand years and are the principal reason why education is still particularly revered in Chinese culture today.

Official

 

Sou Mesmo Bruxo!

Eis o projecto do próximo mandato da geringonça. O PS não adere já apenas por achar que o assunto ainda não está maduro, mas é só achar que o povo já engole tudo.

Bloco vai propor fim dos exames do 9.º ano

Deputada Joana Mortágua fez o anúncio durante o debate das recomendações do CDS e do PCP para que o Governo estude a reorganização dos vários ciclos de ensino, desde o básico ao secundário. O PS alega que o assunto não está no programa de Governo.

Já o tinha previsto esta semana e enviei ontem um texto para sair daqui a dois sábados sobre rankings e transparência em que falo disto mesmo. Prepara-se o fim de tudo que permita uma avaliação externa do desempenho dos alunos e das escolas no Ensino Básico, num salto espectacular para o passado, directamente para meados dos anos 90, a época dourada de alguns. Que não percebem que, mesmo sem aquela obsessão do “século XXI” os tempos mudaram e medidas destas só servem para retirar credibilidade à tão amada Escola Pública. Ficarão as provas de aferição que, vamos lá ser sinceros, só têm servido para alguns reclamarem mais horas no currículo do 1º ciclo.

zandinga

Simplismos

  • A greve cirúrgica dos enfermeiros coloca em causa o SNS.
  • A greve às avaliações dos professores coloca em causa a Escola Pública.

fio-de-prumo

  • Os enfermeiros estão a ser manipulados por interesses próximos do PSD e da Direita.
  • Os professores estão a ser manipulados por interesses próximos do PCP e da Esquerda Radical.

money-bag

(havendo provas de conspirações ocultas, que sejam expostas, caso contrário, são boatos que era o nome antigo para fake news)

6ª Feira

Depois de ouvir o senhor presidente legitimamente indignado com a mais ligeira ilegalidade na conduta dos enfermeiros em relação ao seu cumprimento de todas as leis e regulamentações, fiquei com a absoluta certeza que o fará em relação ao Governo e ao seu desrespeito pelo quadro legal relativo aos professores.

marcelo-rebelo-de-sousa-borat