12 thoughts on “Em 2003 Faltavam-Me 3 Anos Para Chegar Ao Índice 245

  1. Em 2004 , mudei para o 245. Faltavam-me 4 anos para chegar ao índice 299, no penúltimo escalão da carreira. 15 anos depois, continuo no 245.

  2. Sou Professor há 34 anos lectivos, sempre trabalhei a tempo inteiro. Estou no 6º escalão, índice 245, conto os tostões até ao fim do mês. E nunca vou passar daqui. É uma vergonha.
    Vou informar-me sobre o que é preciso para me tornar espanhol, já que este país me mete nojo. Um asco enorme.

  3. 33 anos de serviço e índice 245
    Mas, a avaliar pela tendência os colegas mais novos estarão muito pior. Enfim,a vida é feita de opções.

  4. A data do ingresso no antigo 6º escalão corresponde ao ano letivo posterior a concluir a profissionalização, pois não me colocaram logo a 1/Junho, como deveria ser. Foi preciso queixa para a DGAE a recorrer da decisão conluiada entre um chefe de serviços administrativos e um seu amigo da DREL, que ainda queriam que eu fizesse ano probatório já com dez de serviço. O aditamento manuscrito resulta exactamente dos 3 anos do 6º escalão contarem a partir de Junho/2000 e não de Setembro.

    Na altura, já havia coisas esquisitas a acontecer e abusos de poder.
    Só que ainda não eram sistémicos e a regra.

    Por estes dias, recorrer é quase um acto inútil com os serviços do ME a darem respostas vazias,a remeterem para a legislação sem mais clarificação ou apenas a ratificarem os disparates feitos.

    A “implosão” e a transformação de alguns serviços em meros executores de decisões políticas de legalidade duvidosa deram nisto.

  5. Ecos da manifestação relatam acontecimentos estranhos
    “Fiquei chocada ao ver os colegas do STOP barrados pela polícia. Como eu houve mais quem sentisse o mesmo. Tentei perceber, os colegas do STOP explicaram mas não aceito. Está mais que na hora de vestir-mos todos a mesma camisola.” Lurdes Esteves

    ·Helena Alves RESPONDE Lurdes Esteves tive exatamente o mesmo sentimento e nem quero acreditar no que explicaram. Que o Stop não tinha sido convocado pelos outros sindicatos logo tinham de estar assim rodeados pela Polícia?

    1. Mas uma manifestação não é uma coisa livre? não pode participar quem quer? ou é só para os que estão com o sindicato A ou B? qualquer dia quem não pegar na bandeira não pode participar; por estas é que cada vez há menos gente nas manifestações.

    2. Estive lá. Nunca senti a polícia de tão perto. Eram quatro ou cinco polícias a olhar a meio metro para nós como se fossemos leprosos. Ainda me deu mais gozo cantar e gritar. Quem luta do lado do STOP sabe o que tem de enfrentar. Pacífico, sabemos ao que vimos. Fiquei com mais pena dos colegas que me vieram perguntar o que se passava e quando respondia, diziam que não era verdade. Estavam a ver como eu mas eram cegos.

      1. Em 2010 fizeram o mesmo. Na manif anti nato. Não é novidade a estratégia … e pelos vistos, tudo na mesma … pessoas, durante horas, num cerco quadrado … nem quem queria ir ‘fazer xixi’ podia sair … Polícia de intervenção … Tudo em vídeo e fotografias bem divulgado na net … As mentalidades demoram a acordar, a mudar.

  6. Houve colegas que, por serem “independentes”, foram obrigad@s a ir no fim da manifestação. TAl como o S.TO.P.

    O que justifica que, cada vez mais, não sinta qualquer “representação” naquela dezena de cromos que aparecem à frente a agarrar com tanta força na faixa para as fotos quanto a que aplicam em não dar aulas.

  7. Tenho 34 anos de serviço letivo, estou no índice 245 e no 6º escalão. Tal como o colega José Chorão também me encho de asco. Depois vejo a cara dos putos e esqueço-me momentaneamente. Também consulto este blog, já não leio quase nada sobre educação e FAÇO MUITOS FILMES DE TERROR E DE VINGANÇA.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.