Mais Um Dia Normal No Asilo Dos Lunáticos

Com jeitinho, safa-se com um pedido de desculpas, um “contrato-promessa” formal de não voltar a fazer o mesmo e a garantia informal que da próxima bate com mais força, que isto dos professores quererem cortar a liberdade e criatividade infantil é muito pouco flexível e deve ser castigado

A agressão aconteceu há uma semana, mas só nesta sexta-feira é que surgiu na estampa dos jornais: um aluno de 12 anos, agrediu a pontapé e a soco um professor de 63 anos depois deste o admoestar por estar a brincar com uma bola dentro da sala de aula.

Haddock

(que pena a jovem criança não ter a possibilidade de aplicar os seus dotes energéticos durante a visita de um qualquer dignitário ministerial… porque há sempre quem diga que nada tem a ver com estes assuntos, mesmo se colabora na implementação de políticas que amesquinham quotidianamente os professores)

9 thoughts on “Mais Um Dia Normal No Asilo Dos Lunáticos

  1. Vergonhoso, revoltante e indesculpável!!!

    Estes casos vão tornar-se cada vez mais frequentes. É a flexibilidade da violência…
    E todos sabemos quantos casos destes já acontecem regularmente há anos, e o epílogo é quase sempre igual: a criatura (que não pode ser de Deus!) ofende e/ou agride o professor, a correr mal vai uns dias para casa, o professor fica isolado, com a sua imagem (e não só!) afetada/abalada e o caso morre por aí.

    Que treta de país, que treta de sistema, que treta de leis, que treta de decisores, etc., etc.

    Gostar

  2. No ensino, a juntar ao facilitismo crescente temos a violência. O actual “estatuto do aluno” cria na cabeça destas crianças a sensação de impunidade . Impunidade que é real , e não me refiro apenas a estes execráveis casos extremos mas também a uma indisciplina que grassa nas salas de aula e é silenciada. E é silenciada porque os professores resignam-se, sabendo que estão indefesos e se denunciam lá vem o estigma ” pois! não conseguem motivar as criancinhas…”
    Por não actuar eficazmente, a tutela está a assumir uma atitude quase criminosa. A irresponsável inércia acarreta um elevado dano : quem quer aprender é impedido de o fazer tranquilamente, como é seu direito; o número de baixas médicas dos professores aumenta em flecha. “Só “

    Gostar

  3. Impunidade; criancinhas sem regras de nenhuma natureza; mimados até ao tutano; pais alienados e sem um mínimo de bom senso… São todos assim? Felizmente não…. mas são cada vez mais!
    Para casos destes devia haver punição exemplar para o ” rebento” e para quem o criou… mas o mais certo é aviarem um psicólogo para a criança e uma formação bué de modernaça e flexível para o ”prof” que não soube lidar com um rebento insubmisso…. O velho par de estalos resolvia muito problemas…

    Gostar

  4. E a violência verbal, a qualquer momento, de forma “sonsa”, disfarçada, “não era consigo”, etc?
    Comigo, aprenderam com os anos que ouço bem, mesmo no corredor e que se ouvir alguma coisa que desgoste, vou lá saber o que queria dizer @ jovem com tal conversa.
    Portanto, evitam…

    Mas o que se ouve e o que muita gente finge não ouvir é um atentado à nossa dignidade pessoal e profissional, algo que quem tem o rabo permanentemente em gabinetes não consegue avaliar.

    Gostar

  5. A avaliar pelo nojento silêncio de todos os passarões que vivem da política (membros do governo, rabos sentados em gabinetes e membros de todos partidos), é de se deduzir que todos bateram palmas com esta notícia, regozijando-se com mais uma humilhação nas páginas dos jornais? Uma criança de 12 anos a satisfazer os tenebrosos desejos de vingança de todos aqueles que desprezam o esforço e o mérito e que trepam na “vida” à custa das ligações partidárias.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.