A Chantagem

Mas os miles milhões dos bancos nunca implicam rectificar nada e têm sempre acomodação.

Já agora, quando Centeno for à AR, não lhe perguntem apenas pela “despesa”, mas também pela “receita” (directa e indirecta) gerada para o Estado com as progressões dos docentes.

Exp19Abr19

Expresso, 19 de Abril de 2019, última página (o spin ainda entrou a tempo)

A Ver

Anonymous Comes to Town

The sleepy rustbelt town of Steubenville, Ohio, was once best known for high school sports and as the birthplace of Dean Martin. But when a teen sexual assault committed by two members of the football team surfaced, the shadowy hacker group Anonymous caught wind of the story and decided to intervene. After publishing videos and social media from the night of the assault to their millions of online followers, they sparked viral outrage and demands for #JusticeforJaneDoe. They unleashed a passionate mob and their actions divided the small town, but in the process gave strength to generations of women forced to hide abuse. This film asks, when it seems like nothing will change, when is it OK for outsiders to intervene?

claustrofobia

6ª Feira (Santa?)

Fico embasbacado com o embasbacamento da dupla Expresso/SIC com o facto de António Costa ter “gerido” a “crise dos combustíveis” usando o WhatsApp. Mas também já tinha ficado embasbacado com a reverência prestada a Berardo (basta ver a colecção imensa de entrevistas feitas ao longo dos anos a alguém que, para lá da aparência de dinheiro, não tinha nada a dizer, mesmo se usava camisolas pretas de gola alta para parecer que era não sei quê) a quem tudo foi dado por parolos que agora só não lhe vão penhorar os balneários porque há uma garagem. É assim que o jornalismo quer combater fake news e o “populismo das redes sociais”?

F3.ChapeusHaMuitos