E Quem Ousa Abrir Pio, Leva!

A juntar às “investigações” sobre o advogado ligado aos camionistas (tem ar manhoso e azeiteiro, mas muitos outros têm ar ainda mais manhoso e axeiteiro e estão nos escritórios do topo da cadeia alimentar) e à enxurrada de “notícias” sobre os milhares de professores que vão ganhar milhões, chegou hoje uma sindicância à Ordem dos Enfermeiros, apesar de nada terem conseguido provar quanto ao tenebroso crowdfunding.

Esta gente, agora bem escoltada do lado esquerdo (hesito há dias na publicação dos disparates publicados pela deputada Ana Mesquita numa “rede social” sobre a ILC, insistindo na torpeza argumentativa), não é muito diferente da que colaborou com o regime do engenheiro que permitiu ao José Berardo (a sério, ninguém se lembra do que era dito sobre os seus negócios e rápida riqueza na África do Sul?) sacar mais dinheiro à Caixa, Millenium e BES do que tudo o que já foi angariado para reconstruir a Notre-Dame. Bancos (em especial a CGD e o Millenium) cujas administrações viram transitar entre si uma “elite” de aspirantes banqueiros, em que o dinheiro de um lado serviu para tapar o buraco do outro, fazendo com que o que antes era um descalabro privado escondido se tornasse agora uma vergonha pública à vista de todos.

Mas é claro que António Costa, Vieira da Silva, Santos Silva, os senadores deste governo, há 10 anos eram adolescentes inconscientes que nada ouviam e viam, muito menos dizendo.

O regime está podre, esburacado mas a culpa, acreditem, não é das redes sociais. E muita comunicação social que se quer séria não pode fingir que não colaborou, logo desde 2015, numa estratégia de silenciamento de muitas vozes críticas ou de aliciamento de outras para painéis domesticados por avença.

keep-calm-and-napalm--8

(isto faz-me lembrar – sei lá porquê – a Casa Pia e a forma como se expiou tudo apenas com um bode e mais ou ou outro cordeiro sacrificial)

7 thoughts on “E Quem Ousa Abrir Pio, Leva!

  1. Estava agora a ouvir parte da recente entrevista do Sr Macselfie e lembrei-me das palavras do nuestro hermano rei Juan Carlos: ‘Por que non te callas?’ Pardon my Spanish…

    Já estou farto de o ouvir. Por que razão mete ele o bodelho em tudo? E nada resolve? Já enjoa.

    Agora, também entra nas fakenews contra is professores? Então, cadê a tão apregoada imaginação criativa da passagem de ano?
    Irra. Por que não te calas, hombre?

    Gostar

  2. “E muita comunicação social que se quer séria não pode fingir que não colaborou, logo desde 2015, numa estratégia de silenciamento de muitas vozes críticas ou de aliciamento de outras para painéis domesticados por avença.”

    Isto é exatamente o que mais me preocupa: A qualidade da nossa democracia está em clara diminuição pois temos demasiada comunicação social com falta de financiamento, fruto das fracas vendas de papel em detrimento das novas tecnologias. A consequência é o “acariciamento” dos media ao poder, caso contrário “levas”. Desta forma, há muita gente que tem dito muito mas que não interessa ao poder político e, consequentemente, a boa parte dos media associados ao governo e afins, por conseguinte, a mensagem não passa. Quando vem do governo, então a coisa é levada ao expoente, principalmente para as coisas “boas”.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.