Duas Crónicas Lúcidas

De Pacheco Pereira e Eduardo Dâmaso na Sábado desta semana. Publico dois excertos, embora as crónicas mereçam leitura integral (sendo especialmente divertida a forma como PP relata a forma como a comunicação social distorceu por completo a sua ida até ao piquete de greve dos motoristas).

O primeiro de PP sobre a solidão dos grevistas perante uma comunicação social adversa e rendida ao discurso do poder.

IMG_0758IMG_0759

O segundo de ED sobre a forma indecorosa como a classe política (parlamentar, neste caso) se encerra sobre si mesma num casulo de excepção e inimputabilidade.

IMG_0760IMG_0761

6ª Feira, 13×2

A maioria dos discursos de ontem, vistos e ouvidos hoje, requentados, ainda soam mais a falso, a formalidade, sem alma, sem crença, criaturas falantes preocupadas apenas, como bem disse João Paula Batalha sobre uma comissão parlamentar, com a estética.

clown