As Implicações Dos Números Da UTAO Deveriam Ser Óbvias…

… as “salvaguardas financeiras” de PSD/CDS são excessivas e, no limite, deveriam ser “mitigadas” para evitar que uma solução seja chumbada, à esquerda, com base em falsos pretextos.

Com os dados da UTAO é possível uma solução de consenso, não apressada, podendo ser remetida para a próxima semana, pois o Governo fica sem qualquer sustentação para a sua chantagem. Costa e Centeno de Harvard y Eurogrupo foram desmascarados. A Catarina Martins pode fazer pausa no seu júbilo por se ter ultrapassado a “agitação política” (é sempre deprimente ver radicais a querer levar as coisas nas calmas) e o tio Jerónimo só ganha em controlar os paroxismos de ortodoxia anti-crise.

Sim, eu sei que o mais certo é todos fingirem que está tudo na mesma. Uns serão mentirosos por acção, outros por omissão e alguns ainda por demissão cívica. A vida dá muitas voltas e a política ainda mais. Se optarem por agir com base na mentira, não se admirem se isso vos for relembrado e cobrado.

manguito

13 thoughts on “As Implicações Dos Números Da UTAO Deveriam Ser Óbvias…

  1. Ainda ontem dizia o primeiro-mentiroso deste país que nem daqui a 10 anos se poderia restaurar a carreira docente.

    Afinal, parece que nem é preciso um…

  2. Brilhante! Existe sociedade civil. Mas não é admissível por ser incómoda, inteligente e inconveniente.
    Há muito tempo que não ouço comentadores de tuta e meia. Se mentem em relação à realidade que conheço, podem fazê-lo em relação a todas as outras.
    Não confio.

  3. E obviamente também, implicaria que um ministro das finanças que mente repetidamente devia demitir-se. Um presidente do Eurogrupo que gere as contas do seu próprio país de forma ardilosa, imprecisa e obscura mina a credibilidade das instituições europeias. Mas até aí parece que há quem já tenha percebido que transparência e “accountability” não combinam com o modus operandi:

    https://g8fip1kplyr33r3krz5b97d1-wpengine.netdna-ssl.com/wp-content/uploads/2019/02/TI-EU-Eurogroup-report.pdf

  4. Independentemente do resultado da votação ao diploma dos professores, Mário Nogueira não deixa o cargo.
    Mário Nogueira assume manter-se como secretário-geral da Fenprof independentemente da votação ao decreto-lei dos professores marcada para sexta-feira. O líder sindical recusa sair do cargo pelo menos até ao Congresso do Sindicato dos Professores, marcado para junho. SICnot

  5. Campanha anti fake news
    Poderia ter eficiência uma eleição semanal dos dois meios de comunicação com mais inverdades a propósito da nossa classe.
    Na semana posterior à eleição esses dois meios seriam boicotados pelos professores participantes. Na semana seguinte boicotar-se-iam outros dois meios.

    Por boicote podem entender-se várias ações: Sugiro aqui 3:
    1.- Deixar de consumir os produtos publicitados nos meios em causa..
    2.- Não comprar o(s) jornal(is) que eventualmente se colocassem nas 2, ou numa das 2, posições cimeiras na eleição da semana anterior.
    3.- Envio de emails de protesto aos diretores..

  6. Há uma ilação a tirar de tudo isto. Quem está a conduzir os destinos deste país (os nossos) não sabe fazer contas. Aliás, há muita gente que não sabe fazer contas (governo, partidos, jornalistas, comentadores…), o que é muito preocupante. É o descrédito total.

    Perante este espectáculo do governo, mais propriamente do ministro das finanças e seus secretários de estado, se eu fosse Comissão Europeia/Eurogrupo ficaria muito preocupado. É que se as contas que estão a ser enviadas para Bruxelas são feitas assim, então preparem-se. As contas estão todas mal, logo as previsões também.

  7. Fui espreitar. De facto, o vídeo confirma aquilo que é a opinião que tenho de JMF há muito.
    Por isso é que ontem no post “Contra a Muralha” escrevi que era estranho. Confirma-se.

    Aqui fica o link para quem quiser relembrar a ‘ideologia’ e o sentir do senhor em relação aos professores:

    É apenas mais um betinho pretensioso, arrogante e ressabiado. Enfim, é mais um triste “fala barato”.

    1. Quanto terão pago a este ressabiado para fazer esta triste figura?
      Lembrou-me a figura do ministro das finanças ao lado do Sócrates a anunciar a chegada da troika.
      Envergonha o jornalismo e os jornalistas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.