Apagões E Outros Escaraminhões

Há coisas curiosas no Polígrafo e não é apenas o verificar muita gente menos certos articulistas de publicações parceiras. Serão “critérios editoriais”…

Uma curiosidade recente foi o aparecimento da seguinte questão:

PoliTBRSe seguirmos o link…

PoliTBR1

Porquê?

Justa ou injusta a acusação existiu e foi divulgada pela Sábado há 3 anos. E verdade se diga, o dinheiro foi devolvido.

Segundo Rui Carvalho, que ainda hoje é professor na Universidade de Coimbra, o então aluno Tiago Brandão Rodrigues terá ludibriado a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) ao pedir uma bolsa para pagar propinas na Universidade do Texas (no prestigiado Southwestern Medical Center)  onde se deslocou em Setembro de 2001 para fazer um estágio no âmbito do seu projecto de doutoramento. Isto porque, sublinha Rui Carvalho, a Universidade do Texas não cobrava propinas aos alunos que lá estudavam no regime fixado para Tiago Brandão Rodrigues. Ou seja: não fazia sentido pedir uma bolsa para as pagar.

Rui Carvalho afirma que soube da alegada fraude quando contactou a FCT no sentido de se informar sobre os mecanismos formais que seria necessário cumprir no sentido de se desvincular da orientação do doutoramento de Tiago Brandão Rodrigues. “Assim que dei o nome do candidato à senhora do departamento de bolsas, nem precisei de lhe dar a referência da bolsa. A senhora disse-me: ‘Ó senhor doutor, é uma grande coincidência estar a ligar-me porque nos últimos seis meses andamos a tentar contactar esse aluno para lhe pedir o recibo do pagamento de propinas em Dallas e não conseguimos’.” 

Rui Carvalho terá  informado de imediato Tiago Brandão Rodrigues que tinha de devolver os cerca de 18 mil euros que recebera indevidamente, o que acabou por acontecer em Setembro de 2002 por iniciativa do actual ministro.

O que não se percebe é porque a questão surgiu agora e… logo desapareceu. Porque não suscitaram questões como “beltrano foi acusado de plágio na sua obra literária mais conhecida?”. Como neste caso, justa ou injusta, a acusação aconteceu.

O Polígrafo começou bem, ocupando um espaço vazio na nosso panorama mediático, mas parece andar com umas espécie de dores de crescimento.

 

Da Obscenidade A Céu Aberto

Há que admirar um gajo que goza na cara de toda a gente e ainda diz que quis ajudar bancos com “excesso de liquidez”.

Berardo1

Claro que ninguém se lembra de ter estado no governo de Sócrates que fez aquelas trocas e baldrocas com o CCB… e aposto que há muito escrevinhador de notícias que já se esqueceu de visitas, viagens, prendas, prosas…

Berardo Socas

E agora já há compromissos eleitorais e prioridades de governação que talvez não se oportuno recuperar.

A coleção Berardo, avaliada em 316 milhões de euros e uma das principais beneficiárias de subvenções do Estado, é uma das prioridades da Cultura do programa do PS. Se António Costa for indigitado primeiro-ministro, com o apoio do PCP e do BE, o futuro governo de esquerda compromete-se a manter a coleção Berardo em Portugal, lê-se na página 106 das 138 páginas do programa do PS, embora não sejam feitas as contas aos custos desta prioridade.

Berardo Costa

 

Quando Carlos César Governava Em Tempos De Crise

2010:

“É bom que o país saiba que os Açores não têm recursos a mais, têm dificuldades e são uma região pobre no contexto nacional”, afirmou Carlos César em declarações aos jornalistas em Ponta Delgada, respondendo à polémica em torno da decisão de compensar os funcionários públicos com salários superiores a 1500 euros pelo corte imposto pelo Executivo da República.

César salientou que, para compensar os funcionários públicos afectados, o seu executivo só teve de “cancelar uma obra num campo de futebol e apoiar um conjunto de trabalhadores e famílias”.

E por falar, mesmo, em “retroactivos”… nos Açores pagam-se a quem bem se quer… neste caso a funcionários das Misericórdias (situação verificada em 2014, durante a troika):

A Secretária Regional da Solidariedade Social transmitiu hoje à Direção da União Regional das Misericórdias dos Açores (URMA) que, durante a próxima semana, serão liquidados retroativos referentes a 2011 e 2012, num total de cerca de dois milhões de euros.

“A partir de segunda-feira serão enviadas as adendas dos protocolos às Misericórdias, com os respetivos valores refletidos, e, logo que sejam assinados, serão liquidados”, afirmou Andreia Cardoso, em declarações no final de uma reunião realizada em Angra do Heroísmo.

Em causa estão verbas referentes a promoções, progressões e diuturnidades de funcionários, que as Misericórdias, em muitos casos, tinham pago ao abrigo do antigo modelo de financiamento e que agora o Governo Regional procede à sua reposição.

memoria

 

Não Há Circo, Sem Ursos (Por Muito Que Custe Ao PAN)

Agradeço ao Livresco o envio destes e muito mais links com reacções, análises e comentários sobre a trapalhada a que assistimos na última semana e meia, que acresce  meses e anos de palhaçada contínua. Na generalidade dos casos nem vale a pena tecer qualquer tipo de consideração sobre o que é dito ou escrito (nem sequer sobre aquele vídeo do JMFernandes, de que felizmente não acho o link, a quem umas bengaladas retóricas até fariam bem, para ver se atina com o que significa “justiça”). Fica apenas o registo, assim a modos que actualização “informativa”.

Crise política acabou. Direita e PS chumbam lei dos professores

Crise dos professores. Quem ganhou e quem perdeu

Contagem integral do tempo dos professores? Rui Rio diz que “é possível” mas “nem tudo em dinheiro”

Crise dos professores: Será que Presidente Marcelo vai quebrar longo silêncio depois da votação?

Sem contas públicas certas, “lá se iria o nosso salário”, diz Mário Nogueira

Costa compara professores e técnicos superiores e defende carreiras mais atrativas no Estado

A Federação Nacional da Educação promete não baixar os braços

ardina

Entretanto, No Parlamento

Fora (André Pestana):

IMG_0884

Dentro (quem é este tipo do PSD?)

IMG_0886

Anota-se a forma como alguns jornalistas no local já garantiram o resultado final, com o “chumbo” das propostas.

O debate começa e desenvolve-se na mesma lógica da troca de argumentos dos últimos dias. Nada muito original. Estão todos de acordo em inviabilizar o processo, por estas razões ou por aquelas.

E eis que chega o aparatchik de serviço, o deputado Silva que repete e repete as mentiras do costume. Tem a falta de vergonha de falar em “contas certas”. Abjecto não especulativo. Merece uma nomeação antes do final do mandato para qualquer coisa que o proteja de um azar eleitoral. A ver se ganha o suficiente para fazer um tratamento às vértebras.

IMG_0888

E tudo termina, com @s senhor@s deputad@s a irem almoçar com o descanso de não terem causado uma “crise política”, incluindo os que professam credos revolucionários.

Na TVI24, mst não faz nada manhãs ou inícios de tarde, nem mesmo para se rejubilar, pelo que aparece uma “editora política” a comentar. Desliguei. E os outros canais, já agora.

IMG_0889

Parabéns, Atrasados, Ao Rui Correia

A actualidade também é feita destas coisas boas para alguns de nós. Vou ser provocador, como ele bem sabe, e agradecer ao Rui que, mais do que as metodologias que apresentou, tenha permitido mostrar um canto da sala de aulas muito parecido ao meu, ali com o hp a resistir estoicamente, o mobiliário escolar de última geração há 30 anos, o placard de corticicite com rasgões, o quadro verde tradicional com a tela lá em cima e as janelas altamente climatizadas para os 35º que se aproximam.

IMG_0883