Para O Ano, Recomeçamos?

Que interessante seria que todas estas coisas tivessem sido percebidas e legisladas em devido tempo. Claro, devemos mudar o que não está certo, mas… quer-me parecer que continuam diversas arestas por limar, parte delas de natureza humana.

Parlamento aprova alterações ao regime da educação inclusiva e dá mais direitos aos pais

A Assembleia da República aprovou ontem alterações ao regime jurídico da educação inclusiva, depois de pedidos de apreciação parlamentar do BE e do PCP, que traz mais direitos para os pais e respostas às necessidades de cada criança.

Coelhorelogio

10 thoughts on “Para O Ano, Recomeçamos?

  1. Espero, quase ansiosa (digo quase, porque atualmente não tenho nem tempo nem paciência), que a principal alteração seja a eliminação do DL 54/2018.
    Tudo o resto serão tretas e floreados para encobrir a retórica lunática e enrolada e a parvoíce (para não dizer falsidade ou fantochada) que este decreto representa.

    Incluam no preâmbulo, por favor, as palavras mágicas: DL REVOGADO (morto e enterrado antes de ‘implementado’).

    1. Se o 3/2008 tinha insuficiências, este é um devaneio completo!

      Aposto que as alterações não se colocarão na necessidade de mais recursos humanos e com diferentes formações, na desburocratização do processo e da efectividade da multiplicidade de recursos que que subjazem e muito menos no, que deveria ser óbvio, reconhecimento de problemáticas (cognitivas, emocionais, comportamentais… muitas de natureza clínica)…

      Mas nem pense que seja revogado desde logo que o inchamento com tal produção é grande – uma verdadeira “obra-prima” sendo que o grande objectivo é, sem coragem para o assumir com frontalidade, passar todos – isto é o tal direito ao sucesso… ainda que os miúdos façam tudo para chumbar, vai ser difícil terem sucesso nesta matéria.
      (Ao menos no tempo de Roberto Carneiro passavam com 4, 5, 6, 7 negativas… já que não querem assumir isto, que ponham uma escala de 3 a 5 ou melhor ainda acabem com a avaliação)

      Quem pensa a prazo vai esfregando as mãozinhas de contentamento com a destruição da escola pública…

      Enfim, aquilo em que o país é verdadeiramente rico – BANHA DA COBRA: vender aos pais e à opinião pública, um LAMBORGHINI com motor de um “papa reformas”, materiais de baixo custo, pneus recauchutados, transmissão de um ford fiesta, equipamento eléctrico e electrónico de bordo de um Fiat 500…MAS… O QUE IMPORTA É PARECER!

  2. De facto estes deputados, sejam de esquerda ou direita, deviam ir “ao terreno” para saber de que é que estão a tratar… a deficiência existe, ponto! Existem alunos que merecem todo o nosso respeito mas os professores não têm varinhas magicas para os tratar ( porque se tivessem tratavam com toda a certeza!) Existem alunos que não têm condições para passar um dia na turma! É uma violência… nunca irão ter uma profissão, infelizmente! Isto é dar falsas expectativas aos pais…
    O 54 já é muito mau… mas se os acrescentos são os que estão na noticia ainda será pior…
    Não reconhecer que a deficiência existe é o princípio da exclusão…
    … enfim os professores têm que ser o ” bode expiatório” de tudo e mais alguma coisa… o que por mil euros em média até que nem é mau…
    Mas quando será que somos nós a tomar medidas contra esta palhaçada toda???

    1. “Não reconhecer que a deficiência existe é o princípio da exclusão…”,
      concordo, Maria!

      Não reconhecer é como fazer de conta que não existe. Haverá algo pior?
      Não creio.

    2. Eu, embora cansada me confesse, não me tenho calado contra este 54. Já disse, no dia que quiserem, eu faço greve pelo fim desta hipocrisia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.