Antes E Depois

Antes da cartilha (26 de Maio):

“Quem vota no PAN são os urbano-depressivos” que comem “alface”

Miguel Sousa Tavares diz que o PAN só recolhe votos nos meios urbanos, nos meios rurais “toda a gente odeia” o partido.
.Depois da cartilha (27 de Maio):

Miguel Sousa Tavares: “Quando o PAN deixar de ser o partido dos cãezinhos e dos gatinhos, tem um grande futuro pela frente”

E é esta a “opinião” e a “análise” que a nossa comunicação social paga ao preço do barril do melhor malte.

Contorcionista

8 thoughts on “Antes E Depois

  1. Essa do comer alface… Caricaturar uma tese para mais facilmente a rebater. Belo exemplo de falácia do espantalho… Até me dá jeito para as aulas e permite desenvolver o pensamento crítico como prevê o Perfil dos Alunos para o século XXI. É bom ter sempre esta perspectiva de ver uma oportunidade onde o que há, para não ofender, é normalmente parvoíce. Fico sempre um pouco à nora com esse discurso em que se fala de janelas de oportunidade e eu só a ver paredes, buracos, quanto muito uma janelinha mas com noite lá fora… E então quando me falam em sair da zona de conforto fico logo a olhar em volta para as salas geladas no inverno e autênticos fornos no verão e espreito para baixo das cadeiras desconjuntadas não vá o conforto estar escondido e eu não dar por ele. Não, isto não tem a ver com nada. Saiu-me, pronto. Deve ser do cansaço, que eu não sei para onde me virar. E está tudo quase e eu vejo uma montanha à minha frente. Devo precisar de um oculista, está visto, quer dizer, à vista.

    1. “espreito para baixo das cadeiras desconjuntadas não vá o conforto estar escondido e eu não dar por ele.”
      Obrigada, Margarida MF, por me ter feito rir. Muito bom. 😉
      Amanhã vou procurar o conforto da minha escola em locais equivalentes. Vai que ele está lá, quase à mão, e nós no sofrimento?

      Por mim, não tem mal que o seu # seja um desabafo.
      Sempre me parece mais coerente do que as opiniões publicadas neste post do Sr. MST.

      1. Obrigada AnaA. E se descobrir alguma coisa, avise logo, p.f. Nestas coisas, temos de ser uns para os outros. 🙂

  2. O homem não tem culpa. Quem o contrata sim! Há tantas vozes interessantes em Portugal e só encontram isto, Nos outros canais também há gente do género a dizer palermices do género. Creio que a malta do PAN se está a borrifar para o mst.

  3. Bem, o MST agora já arranjou “alguém” em quem bater sem ser só nos professores, em particular, ou nos FP, em geral.

    Por se julgar acima dos mortais, iluminado e guru, continua com a mesma triste linha “editorial”: “PAN, PAN, queijo, queijo”. Pensa o sr. Discurso embolorado…

    “urbano-depressivos”, “comem alface”, “cãezinhos”, “gatinhos”. Enfim. É muito preconceito e muita palermice num ser humano só.

    Se o sr. comesse alface, água lisa era suficiente para o comensal. Vai daí…

    1. O homem agora está em sintonia com Madrid e eles querem lá saber dos profs. portugueses. Aquilo do PAN deve ser porque esse partido apoia a auto-determinação da Catalunha, outro dos ódios de estimação dele.

Deixe uma Resposta para Jorge Mendes Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.