Sinto-me Jovem

No que toca à análise dos dados, ainda tendo em conta a faixa etária, destaca-se que um em cada quatro votantes com menos de 35 anos escolheram forças políticas que não elegeram qualquer eurodeputado ou votaram em branco ou nulo – 25,5% no grupo dos 18 aos 24 e 25,9% dos 25 aos 34 anos.

Petizada

 

Mais Um Tiro No Pé

A votação relativa aos salários dos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica foi nesta quarta-feira adiada, a pedido do PSD, na comissão parlamentar de saúde. Os sociais-democratas argumentaram que é necessário esperar pela publicação do decreto de execução orçamental. “Esperamos que esta posição do PSD não seja o prelúdio de um recuo nesta matéria”, disse ao PÚBLICO o deputado do BE, Moisés Ferreira.

Este adiamento significa que deixa de haver uma data previamente marcada para se discutir e votar o tema. Esse calendário fica dependente da aprovação do decreto. O assunto mereceu muita discussão na reunião desta manhã. 

UTurn

4ª Feira

Pelo que leio (nomeadamente nas aclamadas “redes sociais”), há quem não tenha percebido exactamente a dimensão da derrota sofrida pelos docentes o mês passado, nem sequer o que isso pode significar para um futuro que poderia ser a médio prazo, mas é capaz por ser a curto. Ainda há quem ande a sugerir umas coisas absolutamente folclóricas, sem perceber que em termos políticos a coisa se não morreu ficou em morte cerebral. Há a via judicial – aquela que uns desvalorizam quando dá jeito – a nível nacional ou europeu, mas parece-me que pouco mais, pois o Costa Vencedor já decretou o fim do assunto e as bengalas da geringonça foram avisadas que ou esquecem o assunto ou nem migalhas levam, passando a alpista para um PAN que vai ser levado ao colo até às eleições legislativas, acarinhado como foram as dissidências do Bloco há 4 anos. Só espero que lhe aconteça o mesmo e o tiro saia pela culatra, mesmo que de pouco sirva.

Mas, regressando à vaca que não ri… seria boa ideia que tomassem consciência do que nos passou por cima ou correm o risco de não perceberem o que é “verdadeiramente essencial”, como costuma dizer o JPP: