4ª Feira

Pelo que leio (nomeadamente nas aclamadas “redes sociais”), há quem não tenha percebido exactamente a dimensão da derrota sofrida pelos docentes o mês passado, nem sequer o que isso pode significar para um futuro que poderia ser a médio prazo, mas é capaz por ser a curto. Ainda há quem ande a sugerir umas coisas absolutamente folclóricas, sem perceber que em termos políticos a coisa se não morreu ficou em morte cerebral. Há a via judicial – aquela que uns desvalorizam quando dá jeito – a nível nacional ou europeu, mas parece-me que pouco mais, pois o Costa Vencedor já decretou o fim do assunto e as bengalas da geringonça foram avisadas que ou esquecem o assunto ou nem migalhas levam, passando a alpista para um PAN que vai ser levado ao colo até às eleições legislativas, acarinhado como foram as dissidências do Bloco há 4 anos. Só espero que lhe aconteça o mesmo e o tiro saia pela culatra, mesmo que de pouco sirva.

Mas, regressando à vaca que não ri… seria boa ideia que tomassem consciência do que nos passou por cima ou correm o risco de não perceberem o que é “verdadeiramente essencial”, como costuma dizer o JPP:

21 thoughts on “4ª Feira

  1. “Há a via judicial – aquela que uns desvalorizam quando dá jeito – a nível nacional ou europeu,”
    …e como podemos avançar por essa via?

    Gostar

      1. Temos que sair desta roda. Não podemos deixar que os profissionais da luta decidam a nossa vida. Foram muitos anos na ingenuidade. Não sei se a justiça portuguesa funciona e talvez nem a europeia. No entanto, não quero desistir. Não me agrada o papel de vitima.

        Gostar

  2. Carlos, também eu gostaria de saber como avançar por essa via. Mas acho que tem de ser com um grupo alargado de colegas pois não é qualquer advogado que consegue lá chegar e os que poderiam conseguir devem ser bastante carotes…mas sim, acho que é a via a seguir. Falta quem dê o pontapé de saída para a formação de um grupo com esse objetivo.

    Gostar

  3. Estou decidido !
    Vou comprar novo apito mais estridente ( o meu está muito manso,cheio de cuspos ressequidos devido a anteriores utilizações ),uma nova e linda bandeirinha e partirei firme e hirto para a dura luta prometida … de mão dada se necessário. Levarei igualmente rebuçados de mentol para evitar rouquidões.
    É sempre a levar na ” marmita ” !

    Gostar

  4. Paulo, brevemente surgirão novidades sobre a a via judicial. Penso é que, e por mais que custe a alguns indefectíveis, já chegou a hora de todos entendermos a importância de se avançar com o que já deveria ter sido feito há muitos anos atrás: a mudança de rostos, de estratégia comunicacional e de agenda dos nossos representantes.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.