A Verdade É Que A Flexibilidade Foi Muito Maior Na Avaliação Do Que No Currículo

E se fizerem as contas depressa, depressinha, perceberão que este ano o milagre rosa das passagens ainda é maior.

Chumbos no ensino básico e secundário continuam a diminuir

Taxas de retenção nunca foram tão baixas, indicam as estatísticas relativas a 2017/18 agora divulgadas.

Será que conseguem ter um powerpoint a tempo da campanha eleitoral com os dados deste ano milagroso? Para demonstrar que, por exemplo, até os anos sem flexibilidade  curricular foram positivamente atingidos pela mudança de paradigma?

Claro que se pode colocar a questão… se a evolução tem sido tão boa, bastando governantes preclaros, firmes e hirtos, para que faz falta a municipalização?

Beaker-Bunsen

5 thoughts on “A Verdade É Que A Flexibilidade Foi Muito Maior Na Avaliação Do Que No Currículo

  1. Quem, claramente, pactua com esta “deseducação” conseguirá dormir de consciência tranquila? O desânimo e a apatia são assim tão elevados que já não há lugar à dignidade e verticalidade?

    Desgosta-me que esta geração esteja a ser nitidamente enganada com o falso sucesso.

    O caminho trilhado há muito em direção à prosperidade do ensino privado, por parte de quem pode, já equivale a uma mega autoestrada. Em contrapartida, para quem não pode ficam os trilhos e os carreiros.

    E nem precisamos de estudos externos para constatarmos que as desigualdades existem e continuarão a existir, enquanto tivermos governantes a contribuir para uma futura sociedade amorfa e acrítica e grande parte do corpo docente num alinhamento seguidista (por medo, por desleixo??).

    Gostar

  2. Bastava ver as pautas de dezenas de escolas em que os alunos transitam com 5, 6, 7 negativas! Ninguém se choca. E isto acontece nas escolas em que as pessoas resistem e não escondem o que se passa. Andamos a enganar as crianças.

    Gostar

  3. Vergonhoso, humilhante, ultrajante aquilo porque estamos a passar. Professores e alunos… comprometem cada vez mais o futuro para mostrar o que não é a realidade… uma grande indignação

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.