A Verdade Pela Metade

A metade que não é propriamente verdade, pois há outros grupos, menos específicos, nos quais os problemas são enormes, como Inglês e Português, nos quais no 2º e/ou 3º ciclo, podem existir candidatos a lugar no quadro, mas não a colocações temporárias:

Outra questão totalmente diferente prende-se com a contratação para substituir. Sim, há alguns grupos de recrutamento em que o número de professores disponíveis para substituição é reduzido. Estamos a falar de Alemão, Espanhol, Geografia, Latim e Grego e algumas tecnologias. Mas na generalidade dos restantes grupos docentes há bastantes professores em espera.

A metade que é verdade, independentemente dos grupos, e que passa pela forma como a centralização digital dos procedimentos serviu para piorar e não melhorar  a sua “agilização”.

O problema da dificuldade de substituição prende-se com um sistema burocrático que leva tempo. Facilmente uma turma fica duas ou três semanas sem aulas, a direção da escola tem de se arrastar por uma série de passos e barreiras que demoram. Quando finalmente conseguem, há uma forte probabilidade de o professor titular estar de regresso. As recomendações políticas deviam focar-se em agilizar estes processos.

cabecinha_pensadora

2 thoughts on “A Verdade Pela Metade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.