Terry Gillian

Buena parte de su obra trata de la lucha por la imaginación y la libertad de pensamiento en un mundo que sistemáticamente se opone a esas ideas.

Es como en La vida de Brian: “¡Somos todos individuos!”. “¡Yo no!”. Creo que ahí lo dijimos todo. Ahora te dicen que este es tu café, solo para ti. Te venden que cada uno es único, pero nos ajustamos más y más a la norma. Por miedo, por no meter la pata. La dichosa corrección política. Tengo amigos en sillas de ruedas y les llamo lisiados [risas]. No puedes llamarlos lisiados, debes decir “físicamente discapacitados”. ¡Esos eufemismos son una chorrada! ¡Son lisiados! [risas] Me gusta usar palabras directas y simples. Ofender a la gente es muy importante en la vida. Sobre todo ahora que las pieles son más finas. ¡La gente se ofende tan fácilmente! ¡Endurece tu piel! Los palos y las piedras pueden romperte las pelotas, pero las palabras no pueden hacerte daño. Son esas cosas simples de la niñez en las que creo.

Terry2

 

4 thoughts on “Terry Gillian

  1. Duvido que ofender as pessoas seja algo de muito importante na vida., como se lê no texto. Talvez nos traga robustez, mas não deverá ser nunca esse o princípio.
    ” Vou-te dar uma tareia, pá. Assim, quando te baterem, já sabes como é.”
    Acredito e defendo o contrário.
    Os professores têm sido sistematicamente ofendidos: nas mentiras que sobre eles se disseram, por exemplo. Estaremos nós mais robustos?

    Ainda sobre o texto, não é apenas uma questão eufemística, com a qual eu concordo plenamente. O eufemismo deixou de ser essa gentileza de discurso e transformou-se numa arma de propaganda: em pura mentira. A linguagem, hoje mais que nunca , é uma arma poderosa. Os hospitais privados dizem que a sua prioridade é a nossa saúde; a propaganda política é a linguagem no seu uso mais pérfido.

    Mas eu sou uma fervorosa adepta do politicamente incorrecto e da norma que esmaga a nossa singularidade.

    Mas não, as palavras são tudo menos inócuas.

    Boa semana!

  2. Os imortais Monty Python!

    Gostei particularmente desta passagem, dentro de um destacado pelo Paulo: “… obre todo ahora que las pieles son más finas.”

    Es isso. Las pieles son más sensibles a la critica. Mejor, no las toleran.

  3. A política expansionista do BCE acelerou um novo movimento de queda das taxas Euribor, para novos mínimos negativos nos últimos dias. Os contratos futuros dos indexantes do crédito apenas surgem positivos em março de 2024», conta o Negócios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.