Por Outro Lado…

… qual a razão para terem preenchido esta m€rd@ feita por um tal “Marcos Cruz”?  Porque quase todas as imagens que vi ou me enviaram tinham esta porcaria toda preenchida (e num caso com erro). Querem sugestões de bons livros? Séries televisivas? Escapadinhas? Não têm mais nada em que ocupar o vosso tempo?

Exp13Jul19

15 thoughts on “Por Outro Lado…

  1. A irrelevância não deve ser promovida a relevância, a menos que esteja naquela condição de forma injusta.
    Se foi publicado no Expresso, esse desprezível passatempo, não é de esperar que se preocupem muito com o assunto. Acredito que recomendem a tão sábio autor um pouco mais cautela.

    Gostar

  2. “porque o autor, então, como hoje, Marcos Cruz (que é o pseudónimo da sua mulher, Mercedes Pinto Balsemão) usava as legendas para piadas políticas”

    É uma piada política …não se vê logo!

    Gostar

  3. Ignorar. Dar ao desprezo. É o que ando a treinar. Cada vez mais me espanto com estas e outras coisas bem piores. Isto do Espesso até nem é muito de admirar. Cada vez mais funcionam em circuito fechado. Falam uns para os outros e são felizes. Parecem aquelas conferências que se fazem nas faculdades onde dantes os professores iam e agora estão vazias só com os alunos do conferencista local e com os outros conferencistas. Tudo financiado e a contar para o currículo. Não sei como vim aqui parar. Mas as ideias e as conversas são como as cerejas…

    Gostar

  4. Bom princípio :
    todo e qualquer cretino deve ser ignorado. Não há volta a dar. Nem explicações suplementares.Pouca conversa. Mas enervam ? Sim, às vezes conseguem enervar.
    Depende de cada feitio.

    Gostar

  5. Acabei de ler no J. Económico digital uma referência a este assunto e à indignação que gerou em algumas redes sociais.
    A caixa de comentários é um nojo. Pior do que o passatempo…

    Gostar

  6. Pela parte que me toca como leitor do expresso há mais de trinta anos, perderam um leitor. Por isto das palavras cruzadas e por muitas outras coisas que me desagradam no jornal.

    Gostar

  7. Mesmo para “piada política” é imbecil! Será que a dita Mercedes alguma vez trabalhou a sério na vida? Será que alguma vez tentou viver com o ordenado de um professor? Pobres de espírito…

    Gostar

  8. Lembram-se do episódio sobre a extrema-direita que o RAP conta?
    Os carecas à força expuseram um cartaz racista qualquer na capital e os Gato Fedorento colocaram outro qualquer ao lado, a gozar com os palermas.
    Ainda hoje ele se interroga se o resultado final não foi pior, dada a publicidade gratuita nacional que a sátira permitiu aos totós radicais.

    É uma graçola produzida por uma reformada inútil deste país decidiu produziu. Passar e defecar no assunto, pasquim e cruzadista.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.