2 thoughts on “3ª Feira

  1. O ter em atenção esta especialidade ou especificidade na abertura de portas pode conduzi-lo a uma espécie de cegueira política (porque eu acho que o Paulo não está a disfarçar). Porquê?
    Parece-me que os governos existem, na tradição liberal, para possibilitar que todos possamos usufruir dos nossos “direitos naturais”. Isso implica que a sua margem de acção é limitada pelas características do contrato que os legítima e estabelece. Parece-me, contudo, que se os direitos de alguém são postos em causa essa margem de acção deixa de estar tão limitada e há legitimidade para diminuir os direitos daqueles que criaram, num certo sentido, a situação.
    Maximalista a visão? Dependerá das tais especificidades a que o Paulo não quer atender. Seguramente maximalista na esfera mediática e nas declarações para consumos diversos. Essa é, no entanto, uma questão diferente. Não significa que seja menos importante até porque as portas ficam, de facto, abertas.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.