É Voluntariado!

É o que faz muita gente querer “carreira” a todo o custo. E querer colocar “professor universitário na profissão” quando nem tarefeiro é. Quanto às “entidades oficiais” estavam à espera do quê? Solidariedade? 🙂

Ministro e IGEC entendem que dar aulas sem receber não aumenta precariedade

Em causa está uma queixa apresentada pelo Sindicato Nacional do Ensino Superior a propósito de “alegadas ilegalidades” nos contratos sem vencimento. Não só foi arquivada, como acompanhada da “sentença” de que este tipo de contrato não contribui “para o agravamento da precariedade laboral no ensino superior”.

Stupid3

9 thoughts on “É Voluntariado!

  1. Este comentário é lamentável e demonstra um enorme desconhecimento do sistema.
    Aspirar a uma carreira parece-me uma vontade legítima e expectável. Já os motivos que levam estas pessoas a aceitar dar aulas sem remuneração são variados e por certo não se limitam à aspiração que refere. Note-se que muitas destas pessoas têm CVs incomparavelmente superiores aos de muitos professores contratados. Que a Universidade queira apenas explorar a fragilidade da situação precária em que se encontram, é também lamentável!

    Gostar

    1. Lamentável é ” ocupar ” lugares sem fazer parte de uma carreira , prejudicando os restantes professores que a integram.
      De boas ações …está o inferno cheio .
      Serão “boas ações ” ?
      É sim … ” cartão de visita ” !
      Boas ações ? Que vá à missa !

      Gostar

    2. Não, não desconheço o sistema.
      Poderia responder-lhe de forma desenvolvida, com detalhes específicos, mas não me apetece.
      Porque o “sistema” é assim porque o deixaram ser assim.
      Conheço bem alguns dos mandarins (na áreas das Ciências Sociais e Humanas, pelo menos) das últimas décadas e sei como “reproduzem” a sua mediocridade, não preciso de ver os CV dos que se agacham.
      Mas… fiquemos por aqui, porque todos sabemos que também há quem seja mesmo como eu descrevi com sarcasmo.

      Gostar

  2. «Já os motivos que levam estas pessoas a aceitar dar aulas sem remuneração são variados e por certo não se limitam à aspiração que refere.» Importa-se de desenvolver?

    Gostar

    1. De modo algum, muitas destas pessoas são investigadores que são pressionados pelas chefias (direcções dos institutos ondes fazem investigação) para aceitar dar estas aulas sem remuneração.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.