O Expresso De Sexta Quase À Meia Noite

Onde se podem tirar dúvidas sobre o que foi dito efectivamente. E onde, como disse quando recebi o inesperado convite, iria estar quase sempre numa proporção de 1 para 3. Mas antes isso do que todos a empurrar para o lado da demagogia.

Do ME ninguém aceitou ir, deixando de forma pouco corajosa para a presidente do CNE o ónus de defender o que outros assumem apenas pela metade; já a recusa do ex-presidente do CNE, David Justino, se compreende à luz do que ele defende e do que foi a intervenção do líder do seu partido no Parlamento. Ou foram só mesmo questões de agenda, claro.

Redução dos chumbos escolares

ExpMeiaNoite

4 thoughts on “O Expresso De Sexta Quase À Meia Noite

  1. Continua-se a discutir miudezas. O que interessa discutir mesmo é o porquê de os alunos terem insucesso nesta ou naquela disciplina, ou em três disciplinas ou em quase todas. O que se passa entre as quatro paredes da sala de aula, dentro das casas dos alunos, e as orientações dadas pelas famílias no que à vida escolar diz respeito, E essa discussão só pode ser tida por quem trabalha diretamente com os alunos. Como justificar quando dois alunos de estratos socioeconómicos baixos têm prestação escolar diferente, sendo que em muitos casos é o aluno com mais dificuldades quem singra e o mais dotado é quem fica pelo caminho. Nem sei para que servem os estudos, quando os professores têm conhecimento factual do que se passa com os alunos, inclusive dos casos em que a retenção tem resultados positivos e dos casos em que a retenção não resolve nada.

    Gostar

  2. O meu comentário, é que o tema em si ” Chumbar ou não Chumbar ” não foi tratado.
    Excepção para o Paulo, único convidado que embora sistematicamente boicotado e interrompido conseguiu mostrar ser do contra as “opiniões” dos outros três.
    A Senhora Presidente do C.N.E. revelou uma atitude de grande nervosismo ,daí aquele permanente riso e revelou ainda estar completamente fora deste tema. Muito,muito fraca prestação ! Não disse uma uma frase ,uma ideia com princípio meio e fim.
    O Alexandre H. Cristo , colunista fez do programa uma feira de vaidades. Tentou convencer a plateia de que está completamente dentro deste e de outros temas relacionados com a Educação em Portugal. Apresentou percentagens de vários países …e mais percentagens que finalmente nunca podiam ser comparáveis. O mesmo que comparar ” cabrito assado ” com ” Sardinhas assadas “. A mim não me vendia um carro em 2a mão ! Pira-te !!!!!
    O ilustre diretor ,nem com Boas águas se safou. Tristíssima figura ! Apresentou como inovadores conceitos já com “netos ” . Uma tanga, UMA GRANDE TANGA !!!!.Lamento os colegas “normais” que com grande azar lá tenham ficado colocados. Coitados destes alunos !
    Admirei a calma e postura do Paulo,completamente deslocado dos restantes três e que volto a repetir – Boicotado !!! Então as permanentes interrupções efectuadas pelo AHC…
    Estiveste muito bem Paulo. Essa calma e naquele meio ..melhor seria impossível. Defendeste os alunos e representaste muito bem os teus colegas ” normais ” !
    Parabéns !
    Abraço

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.